Twitter lançará canal de streaming de notícias 24 horas

Twitter dcvitti

O Twitter está investindo cada vez mais no streaming de vídeos e, depois das parcerias para exibir partidas esportivas na plataforma, a companhia pretende lançar um canal de streaming focando em notícias 24 horas em parceria com a empresa de mídia Bloomberg.

O anuncio oficial da parceria está previsto para acontecer nessa segunda-feira, 1º, no qual ambas as empresas informarão mais detalhes sobre o canal de notícias. No entanto, em entrevista para o jornal Wall Street Journal, Justin Smith, o diretor executivo de mídia da Bloomberg, afirma que o serviço se “concentrará nas notícias mais importantes para uma audiência inteligente em todo o mundo e será mais abrangente em foco do que a rede existente”.

O canal deve começar a operar no outono e não irá simplesmente retransmitir imagens da operação de televisão existente da Bloomberg, mas será composto por notícias ao vivo de agências em todo o mundo, bem como por alguns vídeos postado no Twitter pelos usuários da plataforma.

O Twitter já transmite programação ao vivo para eventos específicos e chegou a transmitir um total de 800 horas de programação no primeiro trimestre de 2017, acima de 600 horas no quarto trimestre do ano anterior. Mas, esse seria o primeiro vídeo contínuo a ser hospedado na plataforma.

Essa parece ser a solução que o Twitter encontrou para manter sua base de usuários e atrair mais anunciantes. Comparados com seus concorrentes, como o YouTube e o Facebook, o microblog apresentou quedas na sua receita ao longo dos últimos anos.

Fonte: Olhar Digital

Publicações em redes sociais: Direito de expressão X Direito à imagem

Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ, JusBrasil, Facebook, Twitter, Redes Sociais

Recente decisão do Tribunal de Justiça do estado de Santa Catarina, determinou que uma consumidora retirasse provisoriamente os comentários lançados pela mesma no seu perfil da rede social facebook, onde a mesma profere comentários ofensivos à imagem da concessionária onde adquiriu seu veículo.

A consumidora afirmou na sua publicação que a concessionária utilizava de má-fé e enganava o seus clientes, e ainda, usou a expressão “dica” para os demais consumidores.

O relator, desembargador Marcus Tulio Sartorato, afirmou que é direito do consumidor denunciar abusos, ilegalidades e insatisfação com serviços de má qualidade. Contudo, o direito da livre manifestação, em alguns casos, vai de encontro ao direito à honra e à imagem, o que ocorreu no referido caso, já que a consumidora expôs a imagem da concessionária, sendo que a mesma comprovou que tal publicação causou expressiva diminuição na procura dos serviços por outros consumidores.

Salienta-se, que a decisão foi concedida em sede de tutela antecipada, já que o mérito da ação ainda não fora discutido, sendo que até o momento, nenhuma das afirmações lançadas pela consumidora foram comprovadas.

Atualmente, o tema está evidenciado, no entanto, é preciso muito cuidado nas publicações em redes sociais, tendo em vista que da mesma forma que os consumidores possuem amplo direito à livre manifestação, é preciso respeitar o direito à honra e à imagem do outro, que guarda tanta importância quanto, já que ambos estão arrolados como direitos fundamentais, assegurados pela Constituição Federal.

Processo: 0020340-63.2016.8.24.0000

Fonte: Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina e JusBrasil

Você precisa saber a verdade

Você precisa saber a verdade, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

GreenpeaceEnquanto você lê este e-mail, seguimos pela BR 174, com destino ao sul do estado de Roraima. Mas o que vimos não pode esperar. Você precisa saber agora o que está acontecendo na Amazônia.

Identificamos grandes áreas de desmatamento, próximo a capital Boa Vista, depois de realizar pesquisas e sobrevoos de monitoramento.Fomos até o local com um grupo de ativistas, para protestar pelo fim do desmatamento, que continua a acontecer, apesar do alerta frequente de cientistas sobre a importância de preservar a floresta para ter água no futuro.

Chegamos no local e abrimos um banner com a mensagem: “A Falta de Água começa aqui”, sobre o desmatamento. Em tempos de escassez de água, a atividade marca o início da nova fase da campanha pelo Desmatamento Zero no Brasil. Precisamos reunir 1,43 milhão de assinaturas para entregar ao Congresso Nacional a proposta de lei de iniciativa popular que proíbe o desmatamento no País.

Estamos na reta final, a iniciativa já conta com o apoio de 1,1 milhão de pessoas. Obrigado a você que já mostrou seu apoio e assinou a petição. Sua atitude foi muito importante para alcançarmos esse número incrível de apoiadores, mas ainda precisamos da sua ajuda,compartilhe a petição, converse com sua família e amigos a importância e ajude-nos a acabar com a destruição do nosso maior patrimônio: as florestas.

FacebookTwitter

Se você está no celular, agora você pode compartilhar no WhatsApp – Clique e selecione o grupo ou contato para enviar a mensagem.

Compartilhe WhatsApp(Este botão só funciona em Smartphones)

As florestas são fundamentais para o equilíbrio do clima, para a biodiversidade e para o sustento dos povos que a habitam. Mas continuam sob constante ameaça. Ajude o Greenpeace a continuar protegendo nossas florestas. Junte-se a nós.

Faça sua parte😀

 

Blog do Planalto atinge 300 mil usuários no Twitter e eu sou um deles

Blog do Planalto, Twitter, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

A conta do Blog do Planalto no Twitter chegou aos 300 mil seguidores nesta segunda-feira (30). Criado em junho de 2009, o perfil intensificou sua atuação a partir da criação do Gabinete Digital da Presidência da República, em 2013, concomitante ao lançamento dos outros canais do Palácio do Planalto nas redes sociais, como a página no Facebook e o perfil no Instagram.

Em cerca de 28 mil tuítes, já foram registradas as principais agendas oficiais da presidenta Dilma Rousseff, encontros com chefes de Estado, lançamento de programas, inauguração de grandes obras, pronunciamentos à nação, além de falas de ministros e entrevistas com brasileiros que protagonizam os avanços sociais vividos pelos Brasil nos últimos anos. No canal também são divulgadas todas as matérias do Blog, assim como as notas emitidas pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

😀

WeechOne, a rede social para indecisos criado por brasileiros

#dcvittinoweechone, WeechOne, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

Se você é uma pessoa indecisa, vai adorar conhecer a nova rede social de origem brasileira: WeechOne. Criada por dois estudantes brasileiros da Engenharia da Computação, Eduardo Santana e Caio Ferreira, em outubro de 2013 após a atribuição do segundo lugar em um concurso de programação da University of Victoria, no Canadá, o WeechOne apresenta semelhanças com as já conhecidas Ask.fm e Yahoo Respostas.

Apesar de ser parecer com os sites informados, o diferencial de que as respostas são pré-definidas. Os questionamentos podem ser feitos só aos amigos ou de forma pública e dá para compartilhá-los pelo Facebook ou Twitter, podendo incluir hashtags e menções. E quem responde ainda pode acrescentar comentários.

Mas os criadores defendem a originalidade desta nova rede social, em que os usuários expõem uma questão para seus amigos ou público em geral e apresentam até 4 alternativas de resposta. Para saber mais acerca de como funciona o WeechOne, informe-se melhor neste artigo através deste link e instruirá melhor a usar a rede,

Eu já estou lá! Confira meu perfil www.weechone.com/dcvitti, curta e siga-nos lá também e vamos apoiar as iniciativas produzidas por nossa gente.

Campanha de Campos é acusada de comprar seguidores falsos

Campanha de Campos é acusada de comprar seguidores falsos, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014

Ex-governador de Pernambuco e presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos foi acusado pelo perfil “Dilma Bolada”, no Twitter, de estar negociando a compra de seguidores através do microblogger com uma agência de publicidade. De acordo com a imagem postada pela personagem, criada por Jeferson Monteiro, a agência Publicidades teria mandado uma mensagem para a #Equipe 40, que atua no marketing e nas redes sociais da pré-campanha socialista, afirmando que teria uma proposta para fazer. Em resposta, o perfil de Campos teria dito para que a mensagem fosse encaminhada por mensagem direta.

A troca de mensagens foi interceptada e divulgada pelo perfil da Dilma Bolada. “Eduardo querido! Se você quiser eu doo uns seguidores pra você! Precisa comprar não!”, ironizou o perfil, que faz paródia da presidente Dilma Rousseff (PT) e possui 200 mil seguidores no Twitter. Junto à mensagem, a personagem colocou um link onde eram mostrados os posts da troca de mensagens entre a Publicidades e #Equipe 40 sobre o assunto.

A Publicidades se define como uma “empresa de publicidade em Mídias Sociais” com “a maior concentração de seguidores por metro quadrado”. Em um dos posts, a empresa anuncia até uma promoção: “compre 50 mil seguidores em qualquer Rede Social e ganhe mais 50 mil de brinde”.

Após o flagra da Dilma Bolada, o Publicidades enviou um Twitter afirmando que se a personagem mencionar a empresa mais uma vez, terá o perfil hackeado. “Morrendo de medo!”, respondeu a personagem. “A vida me ensinou a ser assim, sempre ousada”, complementou, em outro post.

Publicação chupado do blog Pragmatismo Político sem autorização!

O Brasil será do tamanho dos nossos sonhos

A presidenta Dilma está controlando as contas do País

Utilizando sua conta no Twitter, a presidenta Dilma Rousseff tweetou no último dia do ano de 2013, que todos devem imaginar e lutar por um país mais justo. Ao desejar um feliz ano novo a seus seguidores na rede social, a presidenta salientou que o Brasil “tem passado, tem presente e tem muito futuro”.

“O Brasil melhorou, a nossa vida melhorou, mas o melhor é que temos tudo para melhorar ainda mais. O Brasil será do tamanho dos nossos sonhos. Se imaginarmos um país justo e lutarmos por isso, é o que conquistaremos”, afirmou a presidenta.

Queremos tornar o governo cada vez mais digital e aberto, afirma Dilma ao lançar o novo Portal Brasil

Queremos tornar o governo cada vez mais digital e aberto, afirma Dilma ao lançar o novo Portal Brasil

A presidenta Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira (27), ao lançar o novo Portal Brasil, que o governo deseja construir uma prática sistemática de ouvir as ruas. Dilma convidou todos os brasileiros a acessar o novo Portal Brasil, que segundo ela, é mais um instrumento para o exercício da cidadania. Para a presidenta, o objetivo é tornar o governo cada vez mais digital e aberto.

“Melhorar o acesso do cidadão, mas acesso no sentido amplo ao governo, não só em termos de informação, mas no uso de todos os dados do governo (…) Vamos construir as condições para substituir o mundo analógico pelo digital. Então estamos reformulando um dos elementos que nós temos. Isso significa que queremos construir uma prática sistemática de ouvir as ruas, o que querem as universidades, o que querem as pessoas do campo, dos diferentes segmentos sociais, e ouvir as redes sociais, ter com elas uma interação. Isso que permite que eu diga que o portal Brasil, que estamos hoje lançando na nova forma, é mais um instrumento pra exercício da cidadania (…) Tornar cada vez mais esse governo digital e aberto é o que nós queremos.”, disse.

O novo Portal Brasil será a principal fonte de informação pública na internet. Ele irá agregar, em tempo real, todas as notícias divulgadas pelas assessorias de comunicação dos ministérios. Por meio do Portal Brasil, o cidadão terá acesso a 583 serviços públicos online, como emissão de um Darf ao pedido de passaporte, cálculo da Previdência e pedido de inscrição no FIES, dentre outros.

O Portal Brasil também dará acesso ao Portal da Transparência (a página da Controladoria Geral da União, com dados detalhados sobre a execução orçamentária e financeira do governo federal) e ao Portal da Legislação (mantido pela Casa Civil, com um sistema atualizado diariamente de todas as leis e decretos em vigor no país).

Grupo Anonymous invade perfil de “O Globo” no Twitter e publica críticas ao jornal

Conta do jornal no Twitter foi invadida pelo grupo Anonymous

No início da tarde desta sexta-feira (6/9), o diário O Globo teve sua conta no Twitter dominada por hackers. O coletivo Anonymous, que reivindica o ataque, mudou a imagem de perfil do jornal para uma foto de militar com o símbolo da Globo substituindo seu rosto.

Os invasores publicaram mensagens de repúdio à imprensa e convocaram a população para as manifestações programadas para o próximo sábado (7/9), Dia da Independência do Brasil. “Queremos a democratização da mídia que participou do golpe de 64 e apoiou a ditadura!”, escreveram.

“A pior ditadura é aquela disfarçada de democracia!”. “Entendam que vocês querendo ou não nós iremos continuar lutando pelo nosso país. A manipulação nojenta dessa ‘grande’ mídia não funciona +!”, tuitaram os hackers.

Em seu site, o jornal informou que o Twitter já foi restabelecido e está funcionando normalmente. “Não é a primeira vez que veículos da imprensa sofrem ataques de hackers”, disse a publicação. O Globo lembrou de casos como o site do New York Times, ficou mais de três horas fora do ar, e do Times, que foi atacado durante quatro meses por hackers chineses.

Ditadura

Em texto publicado no último sábado (31/8), O Globo reconheceu que o apoio editorial ao golpe militar de 1964 foi “um erro”. As Organizações Globo afirmaram que as recentes manifestações deram “ainda mais certeza de que a avaliação era correta e o reconhecimento do erro, necessário”. O pedido de desculpas do grupo gerou diversas críticas, entre elas dos hackers do Anonymous.

* Com supervisão de Vanessa Gonçalves

 

Colocando o Facebook no seu lugar

Facebook

Por Alexandre Gonçalves*

A partir de hoje não trabalho mais para Facebook. Ou seja, tudo o que quiser dizer ou compartilhar terá como fonte o Coluna Extra e não mais o próprio Facebook com a publicação de posts por lá.

A decisão não é só baseada na minha preferência pelo Twitter e na minha convicção de que rede social – o Facebook, em especial – é meio e não fim (é ponte para gerar acessos e comentários na página da qual o usuário é dono ou para a qual trabalha). É também porque as coisas andam um tanto quanto chatas demais por lá pelo conteúdo e pelas mudanças técnicas que colocam em evidência algumas postagens igualmente xaropes. É repetição atrás de repetição.

Sendo assim, tudo o que vocês, meus colegas de Facebook, costuma(va)m acompanhar lá nomeu perfil, poderão conferir aqui no blog. Espero que mereça o prestígio de vocês. Usarei o Facebook para mandar meus links para lá – via perfil e fanpagens do blog e do Rock SC-, usar o messenger e os grupos que são duas ferramentas de trabalho e compartilhar postas de outros sites e blogs, principalmente os que seguirem o mesmo modelo, de divulgação de links.

Continuarei no Twitter e no Instagram apostando em conteúdo rápido e rasteiro, incluindo minhas cornetagens em dias de jogo do Avaí.

* Artigo de Alexandre Gonçalves, postado no Coluna Extra em 9/02/2013 10:47:00 PM onde recebo,via e-mail, todas as suas atualizações

Cadê a faixa que estava aqui?

Greenpeace - Cadê a faixa de pedestre que estava aqui?

A cidade de São Paulo amanheceu com um desafio para a prefeitura: preencher os “espaços vazios” das faixas de pedestre apagadas por recapeamento ou degradadas pelo tempo. Nossos ativistas pintaram faixas tracejadas durante a madrugada, protestando pela necessidade de maior vigilância e ações do governo que assegurem os direitos do pedestre. A atividade faz parte da campanha #Cadê?, que questiona o andamento da elaboração dos planos de mobilidade em todo o país.

O protesto destacou seis faixas em situações inadequadas para travessia. De hoje até domingo grupos de voluntários organizarão atividades também em outras sete capitais (Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Manaus, Recife, Brasília, Salvador) com a aplicação de “curativos” em calçadas malconservadas e que ofereçam risco aos pedestres.

Melhorar a mobilidade urbana de uma cidade significa proporcionar às pessoas deslocamentos seguros, confortáveis e em tempo razoável, possibilitando a escolha de um meio que atenda a esses critérios e seja bom para a sociedade e para o meio ambiente.

Você também pode participar via Instagram, Facebook e Twitter: tire uma fotos dos buracos que você encontra pelo seu caminho e compartilhe usando a hashtag #BuracosdoBrasilParticipe e saiba mais aqui.

PS: Junte-se a nós, faça parte do nosso time e ajude a mudar a realidade das capitais brasileiras.

O gigante adormecido acordou… #OGiganteAcordou

dcvitti e chega de corrupção

Em todo o planeta, milhões de pessoas de todas as idades estão tomando as ruas e se mobilizando online para dizer não à corrupção e à injustiça e pedir um mundo melhor. Uma hashtag do Twitter no Brasil pode sintetizar a história: #OGiganteAcordou.

E, em quase todos os lugares em que isso está acontecendo, a Avaaz – hoje com a força de quase 25 milhões de membros! – está presente. Para dar apenas um exemplo: o Senado brasileiro citou repetidamente nossa comunidade na semana passada, enquanto votava a proposta para facilitar a lei de iniciativa popular, reduzindo para 500.000 a quantidade de assinaturas necessárias para se apresentar novas propostas de leis no Congresso.

Estamos crescendo em mais de 1 milhão de novos membros por mês, cada vez mais rápido. Na medida em que mais cidadãos despertam, estamos nos dando conta de que o mundo é realmente nosso. E, embora tenhamos grandes desafios pela frente, o futuro depende de todos nós.

É incrível poder fazer parte de uma comunidade composta por cidadãos de cada pedacinho do mundo, unidos por ações comuns e efetivas. Clique aqui para ver um mapa dos nossos membros por país ou aqui para ler relatos pessoais de nossos membros e até para se corresponder com outras pessoas que fazem parte desta comunidade.

Nosso gigante adormecido está caminhando, trazendo possibilidades tremendas de mudança. Mal podemos esperar para ver o que nossa comunidade fará daqui para a frente.

Com amor, esperança e uma gratidão enorme por esta comunidade capaz de mudar o mundo, Ricken, Jamie, Oli, Alex, Dalia, Joseph, Laura, Mais, Michelle e o restante da equipe da  Avaaz.

PS: Inspirado para mudar algo? Muitas campanhas da Avaaz (como as nossas maiores campanhas durante os protestos no Brasil e na Turquia) foram criadas por membros da nossa comunidade! Crie agora a sua campanha sobre qualquer tema – local, nacional ou global: http://www.avaaz.org/po/petition/start_a_petition/?bgMYedb&v=26859.

PPS: Cada uma dessas campanhas foi 100% financiada por doações da nossa comunidade. Para manter nossa independência, a Avaaz não aceita doações de governos, corporações, fundações ou em grandes somas. Isso é algo extremamente raro e uma das maiores razões para a nossa eficácia — entre com sua parte, para que tudo isso continue sendo possível: http://avaaz.org/po/reportback_0713/.

Quando nos juntamos e permanecemos juntos, nós vencemos. Confira abaixo as vitórias e atualizações das últimas semanas:

Brasil diz NÃO à corrupção e SIM à uma democracia do século XXI

Entrega de 1,6 milhão de assinaturas ao Senado brasileiroOs brasileiros estão dando um basta à corrupção desenfreada. Primeiro foi a campanha da Lei da Ficha Limpa, de enorme sucesso, que tornou inelegíveis os políticos condenados por órgãos colegiados da Justiça. Estudos mostram que a Avaaz desempenhou um papel fundamental nesta conquista. Recentemente, um membro da Avaaz criou uma das maiores petições online da história do Brasil, com mais de 1,6 milhão de assinaturas exigindo que os senadores removam o presidente do Senado do poder, um político duvidoso com uma série de acusações de corrupção. Ele ainda está no poder, mas estamos muito perto de acabar com o processo de votação secreta que lhe permitiu obter sua posição no Senado.

Melhor ainda: o Senado acabou de aprovar uma proposta para tornar mais fácil e mais rápido a possibilidade dos cidadãos forçarem os políticos a agir. A Avaaz foi citada várias vezes durante o debate no Senado, quando eles concordaram em reduzir pela metade o número de assinaturas necessárias para leis de iniciativa popular, e determinaram que as assinaturas online serão válidas. Agora, estamos fazendo de tudo para fazer a Câmara selar esse acordo.

Bangladesh: Esperança dos escombros

Jornal sueco destaca o nosso anúncio contra a H&M que foi proibidoQuando o prédio de uma fábrica de roupas em Bangladesh desabou, matando mais de mil pessoas, a Avaaz juntou forças às organizações de direitos trabalhistas locais para colocar pressão em dois grandes nomes da indústria internacional da moda. O objetivo: fazer com que eles assinassem um acordo de proteção dos trabalhadores que serviria de modelo para o restante do mundo.

Os membros da Avaaz cobriram as páginas da H&M e GAP no Facebook com mensagens. E, quando nossos anúncios publicitários voltados ao presidente da H&M foi rejeitado na Suécia – país de origem da empresa – deu-se início à um grande debate na mídia e online. Executivos de alto-escalão da H&M falaram por telefone com a Avaaz e, 3 dias depois, eles assinaram o acordo. Isso motivou mais de 75 outras marcas a seguirem este exemplo!GAP e Walmart ainda não estão na lista dos que assinaram o acordo, mas a campanha ainda está ativa!

Vitória para as abelhas na Europa!

Vento, chuva e neve: mantivemos a pressão para salvar as abelhasApós mais de dois anos realizando campanhas, tivemos um papel fundamental para fazer com que a Europa proibisse pesticidas letais para as abelhas, pelo menos até 2015! Conseguimos essa vitória após dois anos de ações, em que inundamos ministros com emails, juntamos mais de 2,6 milhões de assinaturas, organizamos protestos com criadores de abelhas (com a presença de uma abelha inflável gigante de 5 metros de altura), financiamos pesquisas de opinião pública, e muitas outras ações.

Esta tem sido uma longa batalha contra grandes corporações como a Bayer, e nada disso seria possível se não fosse pela colaboração de muitos cientistas, especialistas no assunto, funcionários de governo que apoiaram a campanha, criadores de abelhas e grupos ambientalistas. De acordo com a organização Amigos da Terra: “A enorme petição da Avaaz e as suas campanhas criativas ajudaram a levar essa campanha até o final.”

Impedindo a remoção forçada do povo Masai

1,7 milhão de membros da Avaaz apoiam o direito do povo Masai de viver em suas terras ancestraisO governo da Tanzânia queria realizar uma remoção forçada de várias famílias, teoricamente para que turistas ricos pudessem caçar leões e leopardos! Mas 1,7 milhão de nós nos juntamos para dizer “não”, alertando as redes de televisão CNN e Al Jazeera para cobrirem essa história, e lançando anúncios publicitários com foco no governo da Tanzânia em jornais locais, além de pressionar os doadores de ajuda financeira internacional para que fizessem perguntas à Tanzânia sobre a tentativa de remoção. O presidente da Tanzânia, Jakaya Kikwete, não queria ouvir as vozes em protesto, mas os Masai continuaram perseverantes. Finalmente, quando membros do povo Masai foram ao parlamento da Tanzânia e exigiram que o direito deles de viver em terras ancestrais fosse respeitado, o Primeiro-ministro assinou uma carta prometendo buscar uma solução permanente para o conflito em conjunto com os Masai. Até agora conseguimos impedir a remoção, mas continuaremos a lutar até que o presidente Kikwete desista de uma vez desta ideia.

Indo muito além da fracassada guerra às drogas

Presidente da Guatemala Pérez Molina diz SIM pelo fim da fracassada guerra às drogasAs vozes de centenas de milhares de membros da Avaaz de toda as Américas exigiram dos líderes que fossem adotadas políticas mais humanas em relação às drogas. O resultado foi umadeclaração história feita pela OEA (Organização dos Estados Americanos) que sugere ir além da proibição e combater as drogas como uma questão prioritária de saúde, não uma missão militar.

Nossa petição teve um papel fundamental. Entregamos as assinaturas diretamente ao presidente da Guatemala, Otto Pérez Molina, diante de toda a mídia. Molina explicou a nossa estratégia com suas próprias palavras: “Agradecemos à Avaaz por essa petição porque dá a nós, os líderes políticos do continente, a força que precisamos para debater essa questão sem ela ser vista como um tabu.”

Pondo um fim à guerra contra as mulheres

O ônibus rosa da Avaaz circula por Nova Délhi com o 'primeiro ministro Singh' a bordo, exigindo educação pública para combater os estuprosNa Índia, uma estudante de 23 anos foi estuprada brutalmente em um ônibus, morrendo em decorrência dos ferimentos em seguida. Nas Maldivas, uma garota de 15 anos de idade foi condenada ao apedrejamento por praticar “sexo fora do casamento”. Na Somália, uma jovem foi violentada por vários homens das forças de segurança que deveriam protegê-la.

Em cada um destes casos, os membros da Avaaz ajudaram a transformar horror em esperança, amplificando milhões de nossas vozes na mídia, para pressionar os governos a aprovar leis mais fortes que protejam as mulheres. Nas Maldivas, a nossa campanha ameaçando o setor de turismo nos ofereceu uma porta aberta para os maiores líderes políticos do país, que afirmaram que a garota não seria apedrejada por agora, e uma pesquisa encomendada pela Avaaz conquistou as manchetes, mostrando que os cidadãos desejam uma mudança nas leis. Na Índia, um grande ônibus rosa, com uma enorme representação do primeiro ministro Singh portando a nossa mensagem, circulou pelas ruas de Délhi e agora há um interesse crescente pelo nosso apelo por uma campanha massiva de educação pública que desafie atitudes retrógradas em relação às mulheres. Estas são apenas as pontas do iceberg em nossa luta contra a misoginia.

Salvando as Baleias de um Massacre

Entregando nosso pedido para salvar as baleias à secretária de Estado para Questões Econômicas da HolandaQuando um magnata islandês lançou sua brutal caçada de verão, com o objetivo de transformar espécies ameaçadas de baleias em comida para cachorro, a Avaaz iniciou uma campanha para impedir o envio das carcaças sangrentas para o Japão. Mais de 1,1 milhão de nós convencemos os políticos holandeses a se comprometer a fechar os portos nacionais para este carregamento. E então aparecemos outra vez na Alemanha, quando ele tentou redirecionar a carga pela cidade de Hamburgo. O Ministério do Meio Ambiente alemão respondeu às mensagens enviadas por membros da Avaaz imediatamente através do Twitter e, trabalhando juntamente com o Greenpeace, criamos pressão suficiente para enviar a carne de baleia de volta para a Islândia! O governo alemão agora pediu que o porto recuse todos os carregamentos de carne de baleia no futuro, 200.000 membros da Avaaz na Alemanha estão exigindo que a maior rede de supermercados do país pare de vender produtos ligados à empresa responsável pela caça às baleias e estamos buscando extinguir as outras rotas de lucro do caçador de baleias até que ele perceba que essa prática tem que acabar.

Combatendo a Sonegação Global de Impostos

Membros da Avaaz em ação pedindo ao Primeiro-ministro Harper que agisse contra à sonegação de impostosTodos os anos, empresas gananciosas e indivíduos muito ricos usam esquemas para esconder uma fortuna estimada em cerca de $1 trilhão, privando governos de impostos que eles precisam coletar para consertar nossos serviços públicos e nossos países. Este ano vislumbramos uma oportunidade para sair em busca dessa quantia que está faltando nos nossos cofres públicos, criamos uma enorme petição e trabalhamos junto ao famoso cantor Baaba Maal e às organizações Save the Children, ActionAid, além de outros grupos, para fazer nossas vozes chegarem a David Cameron, presidente do G8. Nossa carta, assinada por 21.000 representantes de empresas de todo o mundo, ajudou a colocar esta questão como pró-negócios e pró-cidadãos e a mudar as posições da Alemanha e do Canadá, resultando em um acordo histórico que poderá levar os governos a trabalhar em conjunto para por um fim à sonegação de impostos. A ‘Declaração Lough Erne’ foi breve quanto a questões específicas, mas nos dá uma enorme vantagem na hora de cobrar que os governos bloqueiem esquemas suspeitos para não pagar impostos.

A opinião de PC Siqueira e Diego Quinteiro sobre um assunto bem importante

Pra você que não quer ser apenas mais um “brasileiro feliz” na rua, assista esse vídeo, uma analise detalhada do contexto conjuntural em que o país passa no momento. Muito bom!

Às vezes parece que a chance de haver um golpe no estilo de 1964 pode estar por acontecer. Mas um golpe de quem pra quem? Isso eu não sei responder! Como diria Cazuza: “Eu vejo o futuro repetir o passado…”. Espero que não.

Eu sou político, militante de uma agremiação partidária, de esquerda e apoio o governo federal, mas estou começando a rever meus conceitos. Está muito difícil pro país e mesmo que seja um garoto politizado, tenho bandeiras por defender, mas continuar a promover as colunas do executivo federal, está meio difícil. Se está complicado pro governo, não quero aqui nem pensar no que se passa nas entrelinhas do poder legislativo, o verdadeiro curral da corrupção.

Vale a pena perder alguns minutos por este vídeo!

O Facebook é um espelho e o Twitter é um megafone

Facebook vs Twitter

Já se sabia que, quando o assunto são os sites de relacionamento, poucos falam muito e influenciam a maioria. Mas, como os sites das redes sociais servem a propósitos diferentes, um grupo de pesquisadores da Universidade de Michigan (EUA) queria caracterizar as comunidades e os membros de cada uma das tribos.

Redes sociais e narcisismo

A conclusão pouco ou nada tem de elogiosa, destacando como as mídias sociais refletem e amplificam crescentes níveis de narcisismo na cultura ocidental. Segundo os pesquisadores, o Facebook funciona como um espelho, enquanto o Twitter funciona como um megafone.

“Entre os jovens estudantes universitários adultos, descobrimos que aqueles que pontuaram mais alto em certos tipos de narcisismo postam mais vezes no Twitter,” explica o pesquisador Elliot Panek. “Mas, entre adultos de meia-idade da população em geral, os narcisistas postaram atualizações de status mais frequentemente no Facebook,” comparou.

Segundo Panek, o Facebook funciona como um espelho para os narcisistas. “Trata-se de cuidar da própria imagem, como você é visto, e também checar como os outros respondem a esta imagem. Os adultos de meia-idade geralmente já formaram suas identidades sociais, e eles usam as mídias sociais para ganhar a aprovação daqueles que já estão em seus círculos sociais,” disse o pesquisador.

Para os estudantes universitários narcisistas, a ferramenta de mídia social preferida é o “megafone do Twitter”. “Os jovens frequentemente superavaliam a importância de suas próprias opiniões,” disse Panek. “Através do Twitter, eles estão tentando ampliar seus círculos sociais e disseminar seus pontos de vista sobre uma vasta gama de tópicos e questões.”

Reforçar o ego

Em resumo, o estudo mostra que os narcisistas, tanto os mais jovens, quanto os de meia-idade, usam as mídias sociais de diferentes maneiras, mas sempre para reforçar seus egos e controlar percepção que os outros têm deles.

Os pesquisadores não conseguiram determinar se o narcisismo leva ao aumento do uso das redes sociais, se é o uso das redes sociais que promove o narcisismo, ou mesmo se algum outro fator explica a forte associação verificada entre os dois.

Bombeiros Voluntários fará sorteio de sua promoção

Sorteio dos mil reais de fevereiro dos Bombeiros Voluntários de Ilhota

A diretoria da Associação do Corpo de Bombeiros Voluntários de Ilhota dará continuidade ao sorteio mensal de sua promoção daqueles que contribuem com R$ 10 ou mais a entidade debita na fatura de energia elétrica. O evento, que se referente aos colaboradores que doaram no período do mês de fevereiro, será realizado na loja Fox Sports e transmitido ao vivo via twitcam e youtube na próxima quinta-feira, dia 7 de março, às 14h.

O primeiro sorteio do ano ocorreu no mesmo local e já virou tradição pra entidade na realização desse sorteio e os bombeiros encontraram na tecnologia uma forma diferente de interagir com a comunidade. “Nós queremos ser transparentes e objetivos como as nossas contas, e usamos esses mecanismos da internet como ferramentas pra interagir e prestar contas com os nossos colaboradores e contribuintes”, destacou Maury Miglioli, popular Neném, membro diretor efetivo da Associação dos Bombeiros Voluntários. Luciano Fox, proprietário da Loja Fox Sports, diz estar satisfeito em poder contribuir voluntariamente com os voluntários. “Minha loja está de portas abertas assim como o meu coração para as causas sociais. Fico feliz em poder ajudar com iniciativas positivas e tão importante pra nossa sociedade”, disse o empresário.

O último sorteio, realizado no mês de ferreiro, premiou um contribuinte do Baú Central, mas o felizardo não pode usufruir da premiação, pois ele havia cancelado sua contribuição com a entidade. De acordo com as regras da promoção, aquele que está em débito ou atraso em sua fatura de energia elétrica ou resolve interromper com a doação, ficar impedido de receber a premiação, caso seja contemplado, mas continua a concorrer com promoção.

Colabore com os voluntários

As doações de seus contribuintes e sócios é uma das mais importantes fontes de renda da Associação Corpo de Bombeiros Voluntários de Ilhota. Outros mecanismos de recursos são os eventos beneficentes da entidade, pedágios e convênios. Com apenas R$ 10,00 mensais descontado em sua fatura de sua energia elétrica, você estará concorrendo, mensalmente, a premiação no valor de um mil reais e no final do ano a premiação no valor de uma moto 0 Km.

Peça já o seu cadastramento junto associação pelos telefones 47 3343-1515 ou 199 emergência ou pelas nossas redes sócias no facebook (http://www.facebook.com/bvilhota), twitter (@bvilhota) ou via e-mailbvilhota@gmail.com. Muitos já ganharam o prêmio, muitos já foram salvos pelos Bombeiros, agora é a hora de você ajudar quem mais precisa! Agradecemos seu apoio.