A mulher que pode salvar nosso planeta

MERKEL, NÃO DEIXE O MUNDO NAS MÃOS DE TRUMP!

Trump vai tentar dominar uma reunião do G20 para iniciar um novo ataque ao nosso planeta e ao Acordo de Paris. A não ser que a Alemanha de Angela Merkel o impeça.

Merkel é uma das líderes mais engajadas na luta pelo clima de nossa geração, e pode isolar Trump com um plano de energia 100% limpa junto com os outros 19 países. Ela precisa saber que conta com um enorme apoio mundial para levar adiante esse plano inédito. Assine abaixo e compartilhe essa carta com a Merkel — temos poucos dias para chegar a um milhão de assinaturas, e quando atingirmos, a Avaaz vai imprimi-la num importante jornal alemão antes da reunião do G20!

O movimento global da Avaaz deu sua alma e coração para garantir a proteção do grande marco que simboliza o Acordo de Paris. Agora precisamos nos unir para defendê-lo, e assim, proteger também nosso futuro. Junte-se a essa campanha e compartilhe esse email com todos os seus contatos.

Com esperança e determinação, Christoph, Bert, Patricia, Camille, René e todo o time da Avaaz.

Mais informações

Às ruas contra Temer

Michel Temer

Não tenho palavras… o Procurador-Geral acusou formalmente o presidente Temer de obstruir justiça e corrupção passiva! Agora é hora de levar nossa luta para um outro patamar até tirarmos ele do poder.

Temer já está articulando para que a Câmara dos Deputados não autorize essa investigação, mas podemos vencer essa queda de braço. Alguns dos seus mais influentes aliados estão considerando retirar o apoio, e milhões de brasileiros já estão planejando participar da Greve Geral nessa sexta-feira (30 de junho), tomando as ruas de várias capitais. Independentemente da preferência política de cada um de nós, as acusações contra Temer são a gota d’água!

Vamos aproveitar esse momento para criar o maior protesto #ForaTemer já visto — se 100,000 pessoas confirmarem que participarão da greve nas próximas 24 horas, a Avaaz irá se unir aos protestos com um banner gigante carregando nossa mensagem em São Paulo. Confirme com apenas um clique: CONFIRMO QUE IREI À GREVE GERAL NESTA SEXTA-FEIRA, DIA 30.

Em uma pesquisa interna da nossa comunidade, 75% dos membros disseram que a Avaaz deveria se juntar às manifestações. Quando o poder popular toma as ruas, maravilhas acontecem — nossa comunidade ajudou a quebrar recordes mundiais marchando contra as mudanças climáticas em várias cidades do mundo. E agora podemos trazer essa energia de volta para tirar esse governo corrupto do poder.

Essa é uma luta decisiva — é a última chance de Temer se manter no poder e ele tentará passar por cima de seus opositores e dos cidadãos que o querem fora da política. Após a Polícia Federal confirmar que as gravações de Temer com Joesley Batista sobre a compra do silêncio de Eduardo Cunha não foram editadas e são legítimas, até mesmo seus aliados querem pular desse barco da corrupção que está afundando.

Com nossa capacidade de mobilização, podemos levar vozes cidadãs o suficiente para as manifestações da greve desta sexta-feira, colocando nossas diferenças políticas de lado para lutar juntos por um Brasil mais limpo!

Comprometa-se agora a participar dos protestos com apenas um clique e compartilhe com todo mundo: CONFIRMO QUE IREI À GREVE GERAL NESTA SEXTA-FEIRA, DIA 30.

Temer pensou que poderia se safar, mas o seu castelo de corrupção está desmoronando. Nossa comunidade está na linha de frente desta luta, e podemos vencê-la. Ai, ai ai, se empurrar o Temer cai!

Com esperança e determinação, Diego, Carol, Laura, Ana Sofia, Nell, Luis e toda a equipe da Avaaz.

Mais informações

Movimentos populares estão destruindo os anseios obscuros da extrema direita

Estamos mudando a maré do Brexit

O resultado das eleições no Reino Unido fez os planos da conservadora primeira-ministra Theresa May para o Brexit irem por água abaixo, o que abriu os caminhos para um potencial retorno à União Europeia. Isso foi parcialmente possível devido a enorme participação dos jovens nas eleições e de votações locais estratégicas, as quais obtivemos vitória em 90% dos distritos nos quais atuamos!

Os membros da Avaaz no Reino Unido tiveram um papel importantíssimo no processo de reconstrução da política nacional

Frances Foley, Aliança Progressista

Ajudamos a frear a extrema direita na França

O forasteiro Macron arrasou e chegou à presidência na França propagando uma política de tolerância e esperança. Seu partido venceu uma maioria histórica de assentos no parlamento jogando a candidata de extrema direita, Marine Le Pen, e seu partido, a Frente Nacional, de escanteio e acabaram com míseros 8 dos 577 assentos. Nosso vídeo pedindo votos contra Le Pen viralizou, atingindo milhões de visualizações e alcançando mais eleitores que importantes partidos políticos!

Deixamos a Monsanto de orelha em pé na Europa

Mais de um milhão de pessoas assinaram a petição oficial da Iniciativa de Cidadania Europeia para banir o veneno mais vendido da Monsanto, o glifosato. Essa iniciativa iniciou um processo de debate no Parlamento Europeu, o qual deverá responder formalmente ao pedido. Isso poderá acabar com os planos que pretendiam autorizar seu uso — nossa campanha ajudou com que essa iniciativa tivesse uma adesão popular em tempo recorde!

E isso tudo só mês passado! Juntos alcançamos mais uma série de vitórias frente às ações mais antidemocráticas, divisionistas, e de extrema direita pelo mundo:

Protegemos casas de beduínos da destruição
Uma pequena comunidade beduína ameaçada de ser aniquilada por soldados israelenses, conseguiu adiar a demolição de sua comunidade, e criou um lindo símbolo de resistência: escreveu no chão do assentamento “Nós Devemos Permanecer”. Nossa equipe e membros foram cruciais para facilitar a ação e atrair a mídia internacional, resultando na proteção de suas casas!

Ajudamos os Países Baixos a derrotar o ódio
Wilders, um candidato de extrema direita no estilo Trump, estava pronto para dirigir o país como primeiro-ministro. Mas ao contrário do previsto ele perdeu, e feio! Isso foi parcialmente possível devido uma enorme marcha em Amsterdã pedindo união, e ao nosso vídeo que viralizou, o qual comparava suas políticas àquelas de Trump!

Estamos levando Trump ao banco de réus
Quando Trump retirou os EUA do Acordo de Paris, nossa comunidade arrecadou dinheiro para um grupo maravilhoso de jovens que estão processando seu presidente por colocar seus futuros em risco. Esse caso extraordinário pode obrigar os EUA a agir contra as mudanças climáticas!

Tudo isso serve para nos lembrar que até mesmo nos momentos mais obscuros da humanidade, sempre há esperança e luz no fim do túnel. Essa semana faz 50 anos que três líderes de direitos civis foram sequestrados e assassinados pelo movimento americano de extrema direita, o Ku Klux Kan. O ódio estava crescendo e ganhando espaço. Mas um poderoso movimento nasceu para contê-lo, e quatro anos depois duas Leis de Direitos Civis foram aprovadas nos EUA, permitindo a construção de um futuro mais igualitário a todos.

São esses capítulos da história que nos inspiram nesses momentos sombrios — momentos em que as pessoas lutaram arduamente, aparentemente sem chance nenhuma de vencer, mas venceram. Movimentos como esses inspiram gerações sobre o enorme poder que o povo possui na transformação do mundo.

Vamos continuar batalhando e escrevendo nossa história de esperança, juntos.

Com respeito e admiração, Bert, Luis, Emma, Luca, Fatima, Julie, Mike e toda equipe da Avaaz.

P.S. Se você é um novo membro na Avaaz ou deseja revisitar o que nosso movimento maravilhoso já conquistou, confira a página de nossas vitórias.

A ação judicial para salvar o planeta

A ação judicial para salvar o planeta

Uma ação judicial pode frear o Trump de destruir nosso planeta. E o melhor de tudo é que… é uma ação proposta por 21 crianças!

Pois é! Após inúmeras tentativas do governo de derrubar este caso, um juiz finalmente decidiu que os 21 jovens processando o governo americano possuem o direito constitucional a um clima seguro. Agora, um tribunal Federal vai analisar o caso contra o presidente americano! Se vencerem, Trump será obrigado a colocar limites na indústria de combustíveis fósseis. Esse caso pode mudar tudo.

Mas elas são apenas crianças de pequenas cidades dos EUA. Elas contam com um pequeno e motivado time de advogados, mas não possuem recursos para enfrentar Trump e a indústria do petróleo. Por isso, elas pedem nossa ajuda.

Nossa comunidade tem um poder sem igual para mobilizar os fundos necessários até o dia da audiência e fazer dessa uma causa global, levando este caso para outros tribunais e países. O caso destas crianças destemidas pode ser nossa última e melhor chance de frear a guerra de Trump contra nosso planeta. Contribua com uma pequena quantia agora  com apenas um clique e assim poderemos ajudá-las e continuar promovendo campanhas por um futuro saudável.

Trump disse que vai retirar os EUA do Acordo de Paris. Ele e seus comparsas da indústria petroleira estão fazendo de tudo para desmobilizar os esforços contra as mudanças climáticas. Só que eles não podem comprar uma decisão judicial. Foram juízes que derrubaram o decreto de Trump que proibia a entrada de muçulmanos no país, e agora, são também juízes que podem forçá-lo a manter o compromisso pelo clima.

Ações judiciais já dão resultados. Em 2015, os holandeses processaram seu governo exigindo que cortassem a emissão de CO2 aos níveis recomendados por cientistas. Essa foi a maior vitória judicial a favor do clima da história. O mais interessante dessas decisões judiciais, é que elas desencadeiam um efeito dominó: um caso pode abrir precedente para outras decisões. Não se trata apenas de Trump — esse caso vai nos permitir cobrar ações mais rápidas de todos os governos e exigir que parem de blábláblá.

Essa ação judicial coletiva foi proposta por jovens entre 9 e 21 anos e um grupo de advogados da organização Our Children’s Trust. Os recursos servirão para apoiar os melhores advogados para que construam “O” caso, coletar provas, tornar esses jovens heróis mundialmente famosos, promover campanhas e apoiar casos semelhantes em outros países, bem como cobrir os custos de viagem das 21 crianças e seus familiares para que possam comparecer ao tribunal e defender seu caso.

2016 foi o ano mais quente já registrado na história da humanidade. Nosso clima é delicado e instável: a última era glacial levou apenas 6 meses para tomar o planeta. Pode parecer um exagero, mas essas crianças têm nosso futuros em suas mãos.

Apenas nossa comunidade pode fazer isso, mais ninguém. Nós mudamos as regras do jogo com a Marcha Global pelo Clima e lutamos para que o Acordo de Paris abrisse o caminho para um futuro 100% limpo. Agora, precisamos nos mobilizar novamente para apoiar essa batalha no estilo Davi e Golias e ajudar a garantir um futuro para todos nós.

Com esperança e determinação,
Alice, Danny, Nick, Camille, Spyro e todo time da Avaaz.

Mais informações

Adeus? É assustador, mas o Greenpeace corre o risco de ser calado

Greenpeace corre o risco de ser calado

É assustador, mas o Greenpeace corre o risco de ser calado. A madeireira canadense Resolute está tentando nos silenciar com processos judiciais de milhões de dólares. Se eles ganharem, a nossa capacidade de defender as florestas em qualquer lugar do mundo sofrerá um grande golpe.

Não deixe que esses ataques injustos da Resolute nos calem. Assine a petição pedindo para que grandes editoras, que são as maiores clientes de papel da Resolute, defendam a liberdade de expressão!

Ao invés de trabalhar com o Greenpeace para encontrar soluções, a Resolute está tentando esconder suas ações nos intimidando e tentando nos forçar ao silêncio. Sua voz nos ajudará a defender a liberdade de expressão e as florestas.

Assine a Petição

Greenpeace Brasil

Urgente: o Greenpeace está sendo atacado

Greenpeace recycle world

A maior empresa madeireira do Canadá está processando o Greenpeace na Justiça e exigindo que paguem quase meio bilhão de dólares. Se ela ganhar, isso servirá como um sinal verde para todas as corporações gananciosas do mundo nos silenciarem. Mas temos uma maneira de detê-las.

Se tem uma coisa com a qual essa madeireira se preocupa é com seus lucros. E alguns dos seus maiores clientes são editoras de livros, que têm uma história de defesa da liberdade de expressão e fortes compromissos com a sustentabilidade.

As principais editoras do mundo se reunirão dentro de alguns dias em um evento importante da indústria. Vamos inundá-las com a mensagem da nossa campanha para que façam negócios com outras empresas, a não ser que o caso seja abandonado pela madeireira. Diga às editoras para defender a liberdade de expressão.

A Resolute Forest Products derrubou algumas das mais antigas e majestosas florestas boreais do Canadá. E agora, depois de uma campanha muito bem-sucedida por parte dos ativistas para exigir uma maneira mais sustentável de fazer negócios, a Resolute está acusando o Greenpeace e o Stand.earth de “conspiração” por tentar impedir a destruição e prejudicar seus lucros!

O caso pode mudar o jeito de se fazer campanhas para sempre, dando às corporações uma maneira de silenciar grupos como a Avaaz. Além disso, sem dúvida nenhuma, daria às companhias de petróleo, madeireiras e mineradoras passe livre para destruir nosso querido planeta.

Neste momento, cada dólar conta para Resolute, cujo preço das ações despencou. Ela produz papel para algumas das maiores editoras do mundo — empresas como Penguin e Simon & Schuster que se preocupam com sua reputação e com as florestas!

Quando seus clientes se manifestaram em outras ocasiões, a Resolute escutou. Vamos dizer às grandes editoras, antes da maior conferência de livros do ano, que peçam para Resolute abandonar o processo, caso contrário, estará arriscando perder alguns dos seus maiores clientes. Diga às editoras para defender a liberdade de expressão.

Membros da Avaaz já lutaram contra corporações em todo o mundo — e ganharam! Juntos, convencemos a empresa de roupas Benetton a pagar as vítimas da catástrofe do Rana Plaza, em Bangladesh, e mais de um milhão de nós lutou para deter o avanço da Monsanto na Argentina. Agora, um de nossos principais aliados está defendendo o direito de lutar contra estas corporações. Vamos apoiá-lo e vencer mais uma vez essas corporações destruidoras!

Com esperança e determinação, Allison, Antonia, Martyna, Bert, Alice e toda a equipe da Avaaz.

Mais informações

Engasgando com plástico. Até 2050 encontraremos mais plástico do que peixes nos oceanos

Oceano mar de plástico

Metade de todo plástico produzido no mundo é usado só uma vez e depois jogado fora. Isso é vergonhoso! Todo esse lixo acaba por sufocar os oceanos e a vida marinha.

Mas nossos governos podem frear essa avalanche de plástico: dentro de poucos dias seus representantes se encontrarão em uma conferência histórica para apresentar metas para limpar os oceanos. A pressão popular já conseguiu que a Indonésia, segundo maior poluidor do mundo, se comprometesse a reduzir 70% de todo o lixo plástico, mas agora é preciso fisgar os outros poluidores.

Se 1 milhão de nós assinarmos agora, o chefe do Programa da ONU para o Meio Ambiente irá apresentar nossa petição no plenário da conferência, trabalhando conosco para pressionar os países a banirem plásticos descartáveis. Vamos dar aos oceanos uma nova chance de respirar — adicione seu nome: Clique para salvar nossos oceanos!

Independente de onde vivemos, cada vez que respiramos nos conectamos com os oceanos. E isso porque eles geram a maioria de nosso oxigênio, regulam nosso clima e convertem a água em nuvens que nos proporcionam a chuva. Além disso, os oceanos abrigam quase 80% dos seres vivos da Terra. Nós dependemos dos oceanos para viver.

E, sem nossa ajuda, serão os oceanos que não sobreviverão.

A humanidade comprometeu a saúde dos oceanos e agora precisamos curá-los. A boa notícia é que mais da metade da poluição por plástico é causada por apenas cinco países. Portanto, se focarmos nossa pressão nos grandes poluidores, poderemos criar um ambiente marinho livre de lixo plástico. O que falta é vontade, e é aí que entramos.

Vamos nos unir globalmente e exigir que nossos governos parem de sufocar os oceanos. Quando chegarmos a 1 milhão de assinaturas, a Avaaz fará ações direcionadas aos maiores poluidores para pressioná-los a agirem rápido. Clique para salvar nossos oceanos!

Nossa comunidade lutou bravamente para proteger magníficas florestas e vastas áreas dos oceanos. Agora o tempo está se esgotando. Precisamos acabar com a poluição de plásticos antes que ela acabe conosco.

Com esperança e determinação, Dalia, Lisa, Alice, Carol, Danny e toda a equipe da Avaaz.

Mais informações

Por que assinamos petições?

Avaaz Ativistas

O fundador da plataforma Avaaz tem uma confissão meio bizarra a fazer. “Eu fundei a Avaaz, mas não assino muitas petições”.

Ele sempre pensou: “tá, mas que diferença vai fazer a minha assinatura?” Sinto que tenho coisas mais importantes para fazer, inclusive para garantir que nossas petições tenham muito impacto.

Mas olha, fico feliz que a maioria de nós não pensa dessa forma. Porque apesar de ser verdade que a assinatura de número #1.137.540 não mude as coisas por si só, a soma de todas elas faz a diferença com certeza. Esses milhões de assinaturas representam as milhões de pessoas cheias de esperança, que acreditam e atuam por mudanças. Elas estão fazendo *a sua* parte, mesmo pequena, para tornar o mundo um lugar melhor. Sem as pessoas que decidem por si só assinar as petições, nosso movimento não existiria.

Resultado de imagem para avaazA vida é bem assim mesmo. Cada um de nós pode ser aquela pessoa que irá furar a fila, que não irá votar, que vai mentir na declaração de imposto, ou que vai dar as costas para um vizinho em necessidade. Mas não fazemos isso. Por que será?

Porque é a nossa essência. Porque é a coisa certa a se fazer. Porque fomos criados para amar e para servir aos outros. Porque sabemos como o mundo seria sombrio se ninguém fizesse a sua parte.

Sempre me surpreendo com o nível de decência das pessoas que fazem parte do movimento Avaaz. Vocês me ensinam algo novo todos os dias. E, ao refletir sobre essa pergunta do “por que assinamos?”, eu repenso todo o meu comportamento e me comprometo a continuar assinando. E faço isso para poder me conectar com outras pessoas, com a esperança, e com aquele tipo precioso de força que só encontramos na união das pessoas.

Clique no link abaixo para ver e fazer parte do chat de nosso movimento global e descobrir o porque cada um de nós assina, envia mensagens, doa, telefona, protesta e compartilha nossas campanhas. Nesse momento peculiar no qual vivemos não podemos nos omitir, temos de lutar a favor de nossas comunidades e de nosso mundo. Vamos nos inspirar mutuamente, e mãos à obra: Porque assinamos.

Sei que muitas pessoas se emocionam ao ver a lista de nomes dos que acabaram de assinar na página de petição. Eu também. Procurem pelo meu nome lá. Sou muito grato por esse belo movimento que estamos construindo juntos, Ricken e a equipe Avaaz.

Nota

Nossas petições são apenas o início de nossas campanhas, e olha que promovemos muitas das campanhas mais eficazes, estratégicas, incansáveis e ousadas do mundo! Porém, muitos de nós vêem apenas esse primeiro passo do inteiro trabalho, então entre em nossa página de vitórias para ver como elas terminam.

A rede

A Avaaz é uma rede de campanhas global de 44 milhões de pessoas que se mobiliza para garantir que os valores e visões da sociedade civil global influenciem questões políticas nacionais e internacionais. (“Avaaz” significa “voz” e “canção” em várias línguas). Membros da Avaaz vivem em todos os países do planeta e a nossa equipe está espalhada em 18 países de 6 continentes, operando em 17 línguas. Saiba mais sobre as nossas campanhas aqui, nos siga no Facebook ou Twitter.

Eu (#DialisonCleberVitti) me tornei membro do movimento Avaaz e comecei a receber e-mails quando assinou a campanha “O mundo em ação” no dia 2010-07-10 usando o seguinte endereço de e-mail: dialison@gmail.com. Para outras informações pessoais, entre em contato conosco, ou clique aqui para descadastrar-sePara entrar em contato com a Avaaz, escreva para nós no link www.avaaz.org/po/contact.

Avaaz petição

Temer vai se agarrar ao poder a menos que todo o país diga que ele não pode mais ser nosso presidente #ForaTemer

Avaaz Michel Temer

A bomba caiu! O presidente Temer foi gravado apoiando o suborno de Cunha para encobrir seus negócios sujos e corruptos! Temer vai se agarrar ao poder a menos que todo o país diga que ele não pode mais ser nosso presidente.

Mais de 340 mil pessoas já estão pedindo novas eleições e somos o único movimento que pode alcançar 8 milhões de brasileiros nas próximas horas. Junte-se à campanha urgentemente e espalhe para todos — vamos colocar Temer para fora. Clique para pedir a saída de Temer e eleições diretas já!

O TSE irá julgar o caso Dilma-Temer daqui a algumas semanas e o Congresso irá discutir se retiram o apoio a Temer e pressionam por seu impeachment — um pedido já foi protocolado pelo deputado Alessandro Molon!

Com este último escândalo extraordinário podemos pressioná-los a agir rapidamente. Se o TSE condenar a chapa Dilma-Temer ou se o Congresso decidir por seu impeachment, caberá ao STF decidir se o novo presidente será escolhido por nós, com eleições diretas, ou pelo Congresso, com eleições indiretas.

Alguns dizem que isso não irá resolver o problema de nossa elite política corrupta, mas esta é a melhor e mais rápida maneira de tirar Temer do poder e escolher um novo presidente comprometido contra a corrupção e disposto a liderar o Brasil. Vamos ser a força que irá conseguir novas eleições mais rápido do que qualquer outra pessoa. Assine agora e compartilhe com todos: Clique para pedir a saída de Temer e eleições diretas já!

Nossa comunidade construiu um movimento nacional por um governo limpo e tem ganhado batalha após batalha. Vamos transformar esta terrível notícia em oportunidade e reconquistar nosso direito de escolher quem é o presidente do Brasil.

Um abraço com esperança e determinação, Carol, Diego, Luis, Laura e toda equipe da Avaaz.

Mais informações

Aniquilados em quatro semanas

Presidente da Chechênia declara que vai aniquilar a população gay nas próximas quatro semanas

AvaazURGENTE: Presidente da Chechênia declara que vai aniquilar a população gay nas próximas quatro semanas. Ativistas na luta contra a repressão brutal aos gays na Chechênia precisam ainda mais de nossa ajuda, e rápido.

A rede de resistência local formada para lutar contras essas atrocidades não é párea aos agentes criminosos do governo que abordam “homossexuais em potencial” e os prendem em tenebrosos centros de detenção ilegais onde são torturados. Em alguns casos, eles são assassinados se não revelam os nomes de seus amigos e companheiros.

É assim que podemos salvar vidas: financiando abrigos, arrecadando recursos para tirar essas pessoas de lá e dando o apoio jurídico que precisam, além, é claro, de cobertura na imprensa e realizando campanhas contra essas leis terríveis. A cada dia que passa, mais pessoas estão sob a ameaça de serem presas — vamos mostrá-las que o mundo não vai ficar de braços cruzados observando sua aniquilação.

Mais de 1 milhão entre nós já pediu aos líderes russos para intervirem, e juntos conseguimos que chefes de Estado e a imprensa internacional levassem nossa mensagem diretamente ao Presidente Putin. Porém, investigadores encontraram outras quatro prisões secretas e a única esperança desses homens gays é que sejam salvos por pessoas que arrisquem a própria vida na tentativa de resgatá-los.

Podemos ajudar a potencializar este incrível trabalho, e rapidamente. Juntos, nós podemos:

  • financiar abrigos onde homens gays possam se esconder dos perseguidores;
  • providenciar carros e advogados para ajudá-los a fugir do país;
  • enviar jornalistas investigativos para expor os abusos e violência contra gays;
  • ajudar ativistas locais onde ataques deste tipo ocorrem a garantirem o direito básico de amar quem eles quiserem, e aumentar a pressão internacional contra governos repressivos.

E mais…

O que fazemos funciona. Quando ataques do gênero aconteceram na Uganda, a Avaaz conseguiu prover abrigos, treinamentos de segurança, apoio para as redes locais de resgate e advogou para derrubar uma lei brutal de pena de morte aos gays. O resultado: inúmeras vidas salvas.

Os ataques contra a comunidade gay acontecem em todo lugar, mas a resistência também está presente. Se arrecadarmos doações suficientes, podemos fazer do caso da Chechênia um marco global contra a homofobia e levar nossa luta para o Oriente Médio, África do Sul e outros lugares. Vamos mostrar à Chechênia e às comunidades gays em todas as partes do globo que o mundo não vai deixá-los serem silenciosamente massacrados.

A luta para garantir direitos homossexuais como um direito fundamental é antiga, mas ela é essencial para a humanidade — quase 10% da população humana vive circundada pelo medo! Essa é a nossa chance de substituir esse medo pela liberdade de amar livremente.

Com determinação e gratidão por essa incrível comunidade, Emma, Danny, Sarah, Spyro, Nataliya e todo a equipe da Avaaz.

P.S. Quando a Uganda tentou passar uma lei de pena de morte aos gays parecia algo sem saída, mas com nosso apoio, a resistência na Uganda triunfou. Apesar de ataques do governo a lei foi sepultada, o principal lobista religioso americano que promoveu tal lei foi levado perante à justiça, e nosso movimento se tornou uma força internacional na promoção aos direitos LGBT. Esse é o tipo de história triunfante que podemos contar juntos incansavelmente! Clique aqui.

Nota: A imagem representada nesta campanha é de outro local na Rússia onde a Rede LGBT Russa está lutando arduamente pelos direitos gays.

Mais informações

Salvem os botos do México

Vaquita

AvaazAs vaquitas são mamíferos aquáticos lindos e tímidos que se parecem com botos e golfinhos – e só restam 30 delas no mundo! Mas se nós agirmos depressa, ainda podemos impedir que essa linda espécie desapareça para sempre.

Elas estão morrendo porque ficam presas em redes de pesca e se afogam. No entanto, o México está considerando agora mesmo banir essas redes e um importante representante do governo concordou em levar nosso apelo diretamente aos mais altos gabinetes do governo.

Juntos podemos influenciar essa decisão em favor das vaquitas. Vamos mostrar aos ministros de governo mexicanos que se eles propuserem uma proibição permanente, milhões de pessoas os apoiarão. Assine a petição abaixo com um clique e compartilhe amplamente: Clique para salvar as vaquitas.

Ao Presidente do México, Enrique Peña Nieto, ao Ministro do Meio Ambiente e Recursos Naturais, e ao Ministro da Agricultura e da Pesca:

Como cidadãos globais preocupados com a biodiversidade de nosso planeta, apelamos para que V. Exas proíbam permanentemente as redes de pesca no habitat das vaquitas no México. Como restam apenas 30 vaquitas, pedimos para que V. Exas façam todo o possível para salvar essa linda espécie, incluindo impor garantias de que a proibição seja cumprida.
Clique para salvar as vaquitas

A vaquita, cujo nome significa “vaca pequena” em espanhol, é o mais raro mamífero e o menor cetáceo do mundo. É um animal maravilhoso e único, mas pode desaparecer em alguns meses.

Os pescadores poderiam usar outras técnicas para pescar camarão e corvina, mas o tipo de rede usada atualmente é a opção mais fácil, e por isso muitos deles estão lutando contra a proibição. Além disso, muitos dos pescadores usam estas redes para pescar totoaba – uma espécie ameaçada de extinção e vendida ilegalmente na China por grandes lucros.

Se agirmos juntos agora, podemos salvar essa linda espécie. Diga ao governo mexicano para aprovar a proibição permanente e proteger as vaquitas. Assine agora com um clique e compartilhe com todos. Nosso tempo está se esgotando: Clique para salvar as vaquitas.

Das savanas sfricanas às densas florestas de Bornéu, nossa comunidade financiou agentes secretos contra a máfia da caça de animais selvagens e comprou terras para salvar os orangotangos. Durante anos, lutamos juntos para proteger as baleias e para assegurar a criação da maior reserva marinha da história, e agora temos uma oportunidade única de assegurar a sobrevivência das graciosas vaquitas.

Com esperança, Caroline, Rewan, Diego, Ana Sofia, Allison, Bert, Emma e todo o time da Avaaz.

Mais informações

Morrer de tanto trabalhar – vamos continuar crescendo!

Morrer de tanto trabalhar

O governo Temer quer aprovar uma Reforma da Previdência para nos fazer trabalhar até morrer, mas se agirmos agora poderemos impedi-lo.

É uma reforma de absurdos: eles querem impor uma idade mínima de 65 anos de idade para se aposentar e uma meta de 49 anos de serviço se quisermos receber a aposentadoria integralmente. Além disso, o relator da proposta — o deputado Arthur Oliveira Maia — recebeu cerca de 300 MIL REAIS em doações de empresas de previdência privada nas eleições de 2014, claramente um conflito de interesse.

A cereja do bolo: o chefe da comissão que discute a proposta é o braço direito de Eduardo Cunha!

Felizmente, alguns deputados são contra a reforma, mas ainda não conseguiram barrá-la. Por isso, se 1 milhão de nós assinarmos essa petição agora, podemos entrar com as assinaturas diretamente na Comissão antes da votação acontecer.

Assine e compartilhe — a Avaaz entregará as assinaturas diretamente em Brasília: Clique para barrar a PEC da Previdência.

A Reforma da Previdência é sem dúvida um tema polêmico, mas é por isso mesmo que precisamos discuti-la a fundo e fazer uma proposta que não retire direitos de ninguém. Mas o que o governo quer fazer é brutal, e forçará muita gente a recorrer à previdência privada. Em época de crise, quem irá conseguir pagar as contas e ainda pagar uma previdência privada?

Os aliados de Michel Temer na Comissão da Reforma estão fazendo de tudo para conseguir os votos necessários, mas não esperavam que tanta gente fosse contra a proposta! Em uma pesquisa recente, 72% das pessoas ouvidas disseram ser contra as mudanças propostas pelo governo Michel Temer e apenas 11% são favoráveis. Se usarmos este momento para levar 1 milhão de assinaturas por uma reforma mais justa e digna para dentro da Comissão, podemos acabar com os planos de Temer.

Adicione seu nome à petição — vamos garantir que nenhum trabalhador precise morrer antes de conseguir se aposentar: Clique para barrar a PEC da Previdência.

Nosso movimento já conquistou vitórias incríveis no Brasil, desde a Ficha Limpa ao Voto Aberto e inúmeras vezes fomos a luz que ajudou a mostrar a falta de ética existente na nossa política. Chegou a hora de agirmos novamente. Junte-se a este movimento para garantir nosso direito de se aposentar com tranquilidade.

Com esperança e determinação, Avaaz.

Mais informações

Fechem os campos de tortura para gays

Fechem os campos de tortura para gays

A Chechênia abriu o primeiro campo de tortura para gays do mundo, e é tão horrível quanto parece. Homens estão sendo eletrocutados, torturados até que revelem nomes de outros gays e espancados tão violentamente que muitos já morreram. Perseguir gays e prendê-los em campos de tortura é algo que só nazistas fariam. É terrivelmente triste e revoltante, mas existe um maneira de acabar com isso.

A Avaaz irá fortalecer o pedido de ativistas locais na imprensa e usar nosso apelo internacional para colocar um fim nesta repressão. Assine a petição abaixo com apenas um clique e espalhe para todos. Vamos chegar a um milhão de assinaturas: Clique para fechar os campos de tortura para gays.

Ao Presidente Putin e todas as autoridades russas

Como cidadãos globais preocupados com esta situação, nós pedimos que Vossas Excelências parem com a repressão contra os gays na Chechênia e defendam os valores de justiça e tolerância. Clique para fechar os campos de tortura para gays.

É terrível demais para acreditar, mas a Chechênia há muito tempo é controlada por um abusador dos direitos humanos que tem o apoio Rússia. Quando questionados sobre os campos de concentração, seus oficiais negaram a total existência de gays dizendo: “Se tais pessoas existissem na Chechênia, a execução de leis não precisaria se preocupar com eles, pois suas próprias famílias iriam enviá-los para um lugar de onde eles não voltariam jamais”.

O respeitado grupo International Crisis confirmou relatos de pessoas que escaparam dos campos, e estão liberando informações para conseguir atenção mundial.

Por isso, vamos usar este momento para construir um protesto gigantesco e envergonhar a Rússia e a Chechênia por suas práticas tenebrosas. Adicione seu nome com apenas um clique e compartilhe amplamente: Clique para fechar os campos de tortura para gays.

Muito do que está acontecendo no mundo agora parece estar fora do nosso controle. No entanto, todos os dias temos uma escolha: sentar e assistir ao horror se desenrolar ou fazer algo a respeito. Vamos juntos optar pela ação, amor e união, e direcionar isso às famílias aterrorizadas da Chechênia que podem perder um ente querido quando menos esperam.

Com esperança e determinação, Avaaz.

Mais informações

Inocente, Verónica Razo espera justiça há mais de 5 anos!

Verónica Razo espera justiça há mais de 5 anos

Anistia InternacionalEm 2011, Verónica Razo foi mais uma vítima de uma situação que afeta um alto número de mulheres no México. Ao sair para buscar seus filhos na escola, ela foi sequestrada, estuprada, torturada e mantida como refém por 24h, para assinar um documento confessando crimes que não cometeu. Ela está presa desde então e até hoje seu caso não foi a julgamento.

A caminho da escola de seus filhos, Verónica foi parada, sem nenhum motivo, por um homens armados à paisana. Ela foi presa arbitariamente e torturada pela Polícia Federal na Cidade do México. Os registros médicos realizados logo após sua prisão mostram múltiplas lesões por todo o corpo, incluindo seios e nádegas. Em 2013, o Gabinete do Procurador-Geral da República do México confirmou que Verónica apresentou sintomas compatíveis com a tortura.

As únicas evidências de que Verónica tenha cometido algum tipo de crime foram obtidas dela mesma por meio de tortura, violando gravemente os direitos humanos e o devido processo legal. Ajude Verónica a obter justiça! Pressione as autoridades do México a retirar imediatamente as acusações contra ela e exija sua libertação imediata.

É pela vida de todas as mulheres!

Abaixo-assinado, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

⏰ Chegou o momento de revelar nossa aventura!

Navio Esperanza do Greenpeace

Partimos hoje de Macapá, no Amapá, a bordo do navio Esperanza em busca dos corais ocultos da Amazônia.

É isso mesmo: um improvável recife de corais foi revelado ao mundo no ano passado. Eles estão na região onde o Rio Amazonas encontra o mar. E se estendem por 9,5 mil km2 entre a fronteira do Brasil com a Guiana Francesa até o Maranhão, no Oceano Atlântico.

Infelizmente, este tesouro já surge ameaçado pela ganância das companhias petrolíferas. Duas grandes empresas pretendem perfurar a região em busca de petróleo na Bacia da Foz do Amazonas. Isso significa uma ameaça a esse recife único no mundo – que nós nem tivemos tempo de conhecer ainda.

Seja um defensor dos Corais da Amazônia. Acesse o site, assine a petição, acompanhe essa aventura. Vamos pressionar as petrolíferas até que elas desistam de suas atividades na área da Foz do Rio Amazonas.

Assine a petição