Trecho do Centro de Ilhota ficará de fora da revitalização da rodovia Jorge Lacerda

Afinal, como será a revitalização da Rodovia Jorge Lacerda? Bem, de acordo com a publicação da imprensa golpista (segue o link) e do vídeo mostrando o projeto técnico da reforma, produzido pelo Governo de Santa Catarina – Regional Blumenau na sua fan page no Facebook e postado sem autorização em meu canal no youtubeserá por conta do Governo do Estado de Santa Catarina, mas o trecho urbano de #Ilhota nem asfalto novo terá. No trecho de Ilhota, Capital Catarinense de Moda ìntima, Praia e Fitness, entre os Km’s 12,2 e 14,1, não haverá revitalização porque o trecho da rodovia foi municipalizado e é de responsabilidade da prefeitura.

Nem sempre a municipalização faz bem pra cidade e eu sou totalmente contra essa política. Mas eu fico tranquilo, já que essa tal revitalização foi promessa de campanha do prefeito Dida Oliveira e ele vai fazer, porque isso é mais um sonho dele.

Falando em revitalização, quando é que irão acionar e por em funcionamento daqueles semáforos lá da Avenida Ricardo Paulino Maes, eim? Quanta grana jogado fora que não serviu absolutamente pra nada. Vou aproveitar e encaminhar essa minha indignação ao Vereador Rogério para que ele proceda com os encaminhamentos.

Anúncios

ONU Meio Ambiente convida brasileiros a se unir à campanha #MaresLimpos

O diretor-executivo da ONU Meio Ambiente, Erik Solheim, que esteve no Brasil recentemente para celebrar os 25 anos da Rio-92, fez um chamado a todos os brasileiros para que se juntem à campanha #MaresLimpos. Acesse o site e saiba que pequenas atitudes tomar para evitar que ondas de plásticos sigam chegando aos nossos oceanos: http://cleanseas.org.

ONU Brasil

Defesa Civil orienta interessados em ajudar cidades atingidas pelas chuvas

Defesa Civil SC

Procurar a unidade da Defesa Civil do seu município é o primeiro passo para quem está disposto a ajudar no atendimento de famílias atingidas pelas chuvas dos últimos dias. O secretário adjunto da Defesa Civil, Fabiano de Souza, explica que os voluntários devem se identificar junto às unidades municipais, informarem as funções para qual estão habilitados para exercerem e aguardarem a convocação no momento oportuno para o auxílio.

“O mais importante é que as pessoas sigam as orientações dos órgãos da Defesa Civil de cada município. Muita gente está precisando de ajuda e esse trabalho voluntário é muito importante, mas o cenário é de risco e são necessários cuidados para garantir a segurança de todos”, afirma o secretário.

A necessidade de doação de materiais também deve ser consultada com as equipes da Defesa Civil de cada cidade. As unidades municipais são órgãos independentes, vinculadas às prefeituras, que trabalham em parceria com o órgão estadual. Para acionar a Defesa Civil de cada município, o voluntário deve ligar para a central 199 ou procurar a prefeitura.

O secretário Souza lembra, ainda, que apesar da trégua da chuva nesta terça-feira, 6, a previsão é de que a partir desta quarta-feira, 7, volte a chover de forma mais significativa em diferentes regiões do Estado, com a situação se acentuando na quinta-feira. “Então, as pessoas que saíram das suas casas, procuraram um abrigo ou se alojaram na casa de parentes ou amigos, devem aguardar mesmo com a trégua de hoje (terça). A situação ainda é crítica e qualquer chuva nesse momento pode elevar os níveis dos rios e há riscos de deslizamentos”, ressalta.

Antes de tentar voltar para casa, a orientação é consultar a Defesa Civil do município para confirmar a liberação da área. Para os próximos dias, a atenção é maior principalmente para as regiões Oeste, Planalto Serrano e Vale do Itajaí.

Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação – Secom

Bombinhas sedia 2º congresso catarinense de Cidades Digitais

Cidade Digital

Evento é o maior do gênero voltado para pequenos e médios municípios sobre o uso da tecnologia no desenvolvimento socioeconômico dos municípios; Inscrições estão abertas e são gratuitas para servidores públicos.

Rica em belezas naturais e com diversos investimentos em tecnologia, Bombinhas passa a ser também protagonista no fomento às cidades inteligentes no Estado. Nos dias 22 e 23 de junho, o município, localizado a cerca de 70 km de Florianópolis, sedia o 2º Congresso Catarinense de Cidades Digitais, que será promovido por meio de uma parceria entre a Rede Cidade Digital (RCD) e a Prefeitura Municipal de Bombinhas. O evento, gratuito para servidores públicos, é o maior do gênero voltado para pequenos e médios municípios interessados na informatização dos serviços públicos e desenvolvimento socioeconômico através de processos envolvendo as Tecnologias da Informação e Comunicação.

As inscrições para o Congresso, voltado para prefeitos, gestores, vereadores, academia e empresários, estão abertas e podem ser feitas pelo site http://redecidadedigital.com.br/. “É uma honra receber um evento como esse, que promove a troca de experiência positivas e é uma oportunidade de discutir soluções para maior eficiência no atendimento à população. O uso da tecnologia visa facilitar o planejamento das prefeituras,. Hoje em dia não podemos pensar em gestão pública ou privada sem a utilização dos recursos tecnológicos disponíveis. As vantagens são infindáveis, percorrendo os princípios da transparência, economicidade, eficiência, agilidade, controle, e, mais que tudo, dando condições de tornar a gestão muito mais próxima dos interesses dos seus cidadãos”, ressaltou a Prefeita de Bombinhas, Ana Paula da Silva.

Desde o início do primeiro mandato da prefeita, em 2013, o município começou uma revolução tecnológica, passando do analógico para o digital. Segundo ela, foram quase R$6 milhões investidos em infraestrutura de rede, com a interligação dos prédios públicos via fibra óptica, sistemas e softwares de gerenciamento de dados, tablets nas escolas, compra de microchips e leitores digitais para controle dos animais e projetos que vão da implantação de 15 câmeras de segurança ao fornecimento de internet gratuita em 14 pontos, por exemplo. Os impactos mais significativos das inovações, destaca Ana Paula, apareceram na Saúde e no controle de reclamações e pedidos. “Essas e outras inovações sistêmicas tem colocado Bombinhas como a melhor gestão de saúde em atenção básica do Brasil por três anos consecutivos, mas o melhor é ver a população satisfeita”, observa.

Programação

De acordo com o diretor da RCD, José Marinho, o Congresso serve de subsídio para que prefeitos, gestores e vereadores definam estratégias e conheçam soluções que atendam as necessidades de suas localidades. “Serão dois dias para trocar experiências, conhecer ideias, serviços de mercado e iniciativas que resultem em maior eficiência de gestão e, principalmente, melhorias no atendimento aos cidadãos”, afirma Marinho.

O 2º Congresso Catarinense de Cidades Digitais tem o patrocínio master da ENW, ouro Exati Tecnologia e prata do BRDE. A iniciativa também conta com o apoio das associações de municípios do Alto Uruguai (AMAUC), Região Serrana (AMURES), Foz do Rio Itajaí (AMFRI) e da Região Carbonífera (AMREC), além do Centro de Informática e Automação de Santa Catarina (Ciasc) e União dos Vereadores de Santa Catarina (UVESC).

Serviço

  • 2º Congresso Catarinense de Cidades Digitais
  • Dias 22 e 23 de Junho, em Bombinhas
  • Inscrições gratuitas para servidores públicos
  • http://redecidadedigital.com.br/

Twitter lançará canal de streaming de notícias 24 horas

Twitter dcvitti

O Twitter está investindo cada vez mais no streaming de vídeos e, depois das parcerias para exibir partidas esportivas na plataforma, a companhia pretende lançar um canal de streaming focando em notícias 24 horas em parceria com a empresa de mídia Bloomberg.

O anuncio oficial da parceria está previsto para acontecer nessa segunda-feira, 1º, no qual ambas as empresas informarão mais detalhes sobre o canal de notícias. No entanto, em entrevista para o jornal Wall Street Journal, Justin Smith, o diretor executivo de mídia da Bloomberg, afirma que o serviço se “concentrará nas notícias mais importantes para uma audiência inteligente em todo o mundo e será mais abrangente em foco do que a rede existente”.

O canal deve começar a operar no outono e não irá simplesmente retransmitir imagens da operação de televisão existente da Bloomberg, mas será composto por notícias ao vivo de agências em todo o mundo, bem como por alguns vídeos postado no Twitter pelos usuários da plataforma.

O Twitter já transmite programação ao vivo para eventos específicos e chegou a transmitir um total de 800 horas de programação no primeiro trimestre de 2017, acima de 600 horas no quarto trimestre do ano anterior. Mas, esse seria o primeiro vídeo contínuo a ser hospedado na plataforma.

Essa parece ser a solução que o Twitter encontrou para manter sua base de usuários e atrair mais anunciantes. Comparados com seus concorrentes, como o YouTube e o Facebook, o microblog apresentou quedas na sua receita ao longo dos últimos anos.

Fonte: Olhar Digital

Vencida mais uma etapa para realização do Fundam 2

Fundo de Apoio aos Municípios - Fundam

A proposta para a realização da segunda edição do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam) foi aprovada pela equipe da Secretaria do Tesouro Nacional, em audiência com o governador Raimundo Colombo nesta terça-feira, 18, em Brasília. Agora o Governo do Estado tratará da liberação dos valores com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Uma primeira audiência com a equipe do banco está prevista para esta quarta, 19, no Rio de Janeiro.

“A secretaria de Tesouro Nacional nos autorizou a fazer o acordo com o BNDES e desenvolver o contrato. Era o que precisávamos. É uma grande notícia para Santa Catarina porque o Fundam é um programa que atinge os 295 municípios catarinenses, permitindo que a gente realize investimentos extraordinários em cada um deles”, destacou Colombo. O valor previsto para o financiamento que vai garantir a segunda edição, a ser lançada já no segundo semestre deste ano, é de R$ 700 milhões.

Criado pelo executivo estadual, o Fundo de Apoio aos Municípios foi estruturado para partilhar recursos entre todas as cidades catarinenses de forma criteriosa, objetiva e apartidária, proporcionando investimentos importantes, especialmente nas áreas de saúde, educação, saneamento básico e infraestrutura. A primeira edição garantiu o repasse de mais de cerca de R$ 600 milhões para as prefeituras catarinenses realizarem obras que o próprio município escolheu como prioridade. Em janeiro, em reunião com o presidente Michel Temer, o governador Colombo já havia recebido o aval para promover a segunda etapa do Fundam.

Os secretários de Estado da Fazenda, Antonio Gavazzoni, da Comunicação, João Debiasi, e de Articulação Nacional, Acélio Casagrande, acompanharam a audiência desta terça, com a sub-secretária de relações financeiras intergovernamentais da secretaria do Tesouro Nacional, Pricila Santana.

Recursos para a saúde

Ainda na tarde desta terça, a comitiva liderada pelo governador Colombo participou de audiência no Ministério da Saúde, com a presença do secretário de Atenção à Saúde, Francisco Figueiredo. “A grande preocupação da gente é aportar recursos na área da saúde, onde estamos trabalhando com um déficit muito grande. E estamos negociando com o ministério uma forma de agilizar os repasses federais para programas como o mutirão das cirurgias”, explicou Colombo.

Governo do Estado de Santa Catarina
Secretaria de Estado de Comunicação – Secom
Assessoria de Imprensa

Vereadores de Ilhota aprovam moção de repúdio contra a PEC da Previdência

Vereadores de Ilhota empossados

Por iniciativa do Vereador Rogério do PT, argumentado e defendido pelo parlamentar em tribuna numa sessão anterior, a Câmara de Vereadores de Ilhota deliberou e aprovou na sétima sessão ordinária, do primeiro período legislativo, da décima quinta sessão legislativa, a moção de repúdio contra a Proposta de Emenda Constitucional – PEC 287/2016, denominada de Reforma da Previdência.

Pelos motivos declinados, a Câmara de Vereadores de Ilhota REPUDIA A PROPOSTA DE EMENDA CONSTITUCIONAL – PEC 287/2016 A REFORMA DA PREVIDÊNCIA. Segue o texto:

A proposta que tramita no Congresso Nacional retira os direitos da classe trabalhadora deste país, diminui o volume de recurso que gira no município, retira dinheiro dos trabalhadores e, ainda, não garante acesso ao benefício de aposentadoria. Essa moção tem por finalidade chamar a atenção para a afronta aos direitos dos trabalhadores urbanos e rurais que sofrerão um grande retrocesso.

É inaceitável uma Reforma da Previdência que viole os direitos e garantias fundamentais e que propõe piorar as condições de vida da população brasileira. A referida PEC extingue as regras atuais para trabalhadores do magistério, trabalhadoras de qualquer categoria, e para trabalhadores rurais.

Dessa forma, a Câmara Municipal de Ilhota/SC vem repudiar e ainda requerer aos Deputados Federais de Santa Catarina que votem contra a PEC 287/2016 e pela manutenção de direitos já conquistados e por nenhum direito a menos.

De autoria dos vereadores Arnoldo Adriano, Almir Aníbal de Souza, Cidney Carlos Tomé, Francisco Domingos, Jonatas de Oliveira Jacó, Juarez Antônio da Cunha, Luiz Gustavo dos Santos Fidel, Rogério Flor de Souza e Sidnei Reinert,  a moção foi aprovado por unanimidade e será encaminhado para os Deputados Federais, Senadores e Deputados Estaduais do Estado de Santa Catarina.

Vereador Rogério do PT

Termo de Cooperação Técnica N°. 072/2016

Ministério Público de Santa Catarina

Processo Nº. 2016/009633.
Termo de Cooperação Técnica Nº. 072/2016, firmado em 22/11/2016.
OBJETO: Intercâmbio de comunicação entre as partes visando diminuir as ocupações irregulares, crescimento desordenado, danos ambientais e urbanísticos em solo catarinense.
VIGÊNCIA: 22/11/2016 a 21/11/2021.
AMPARO: Lei 5.194/66, 6.496/77 e 8.666/93.

Este é o resumo do Termo de Cooperação Técnica n. 072/2016 (Processo n. 2016/009633), firmado entre o Ministério Público do Estado de Santa Catarina – MPSC, o Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de Santa Catarina – CRECI 11ª Região, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de Santa Catarina – CREA-SC, a Fundação do Meio Ambiente – FATMA, a Associação dos Notários e Registradores do Estado de Santa Catarina – ANOREG/SC e o Sindicato da Habitação do Oeste de Santa Catarina – SECOVI OESTE/SC. Cláusula Primeira/Do Objeto : O presente Termo de Cooperação Técnica tem por objeto o estabelecimento de intercâmbio de comunicações entre as partes celebrantes visando diminuir as ocupações irregulares, o crescimento desordenado, os danos ambientais e urbanísticos em solo catarinense; assegurar a adequada comercialização, oferta e publicidade dos empreendimentos imobiliários, em especial no que tange à veiculação em jornais, revistas, meio eletrônico e panfletos sobre anúncios de venda de imóveis. Cláusula Quinta/Prazo e Vigência : O presente Termo de Cooperação Técnica entrará em vigor na data de sua assinatura, que se deu em 22/11/2016, e vigorará por 5 anos, podendo ser prorrogado por iguais e sucessivos períodos.

CREA-SC
Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina

CREA-SC

Santa Catarina é o único estado do país que fornece benefício de Gestação Múltipla

As trigêmeas de Ilhota

As mães catarinenses com gestação múltipla, ou seja, que tiveram trigêmeos ou mais, são as únicas do país que recebem um auxílio financeiro do Governo do Estado para custear os cuidados com os filhos. Somente em 2015, o Governo do Estado destinou, por meio da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), R$ 800 mil para a sustentação do benefício, que hoje contempla 75 famílias catarinenses.

Para o secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Geraldo Althoff, a proposta é muito maior. “Este é mais do que um benefício de assistência financeira. Trata-se de um projeto humanitário que o Estado conseguiu colocar em prática, com o intuito de garantir as condições básicas necessárias para a formação dessas crianças.”
Com base na lei estadual nº 15.390/2010, o Benefício de Gestação Múltipla garante a famílias em situação de vulnerabilidade social, com renda de até 85% do salário mínimo por membro da família, um reforço financeiro de R$ 419,25 mensais para cada criança, até que elas completem 12 anos.

Franciely Silveira da Silva, 27, é uma das mães que recebem o Benefício. Cadastrada há três meses, após o nascimento inesperado das trigêmeas Bianca, Giovana e Beatriz, a técnica de enfermagem conta que o auxílio financeiro trouxe tranquilidade para a família pensar no futuro das filhas.

Atualmente, dos 75 cadastros contabilizados pela SST, 73 são mães de trigêmeos, uma de quadrigêmeos e outra de quíntuplos. “O Benefício me ajudou bastante psicologicamente. É um alento para quem se desespera após saber que vai ter mais três filhos, em vez de apenas um. Existia uma insegurança de não saber como iríamos conseguir dinheiro para comprar comida, medicamentos, fraldas, ou para realizar consultas médicas. Sabíamos que tudo iria triplicar e não teríamos como nos manter. Com o Benefício, a gente tem a ajuda financeira ideal para fazer as coisas que elas realmente precisam” afirma Franciely, que diz manter integralmente as despesas das filhas com o Benefício.

De acordo com a Diretora de Assistência Social da SST, Camila Magalhães Nélsis, a lei que prevê o benefício deve sofrer alterações em breve, para contemplar o máximo de famílias catarinenses em situação de vulnerabilidade social. “A ideia é permitir que gestantes que tenham tido seus filhos em outros estados, pela ausência momentânea de leitos ou Unidades de Tratamento Intensivas (UTIs), também possam contar com o auxílio financeiro. Além disso, após a alteração da nova lei, famílias ex-beneficiários podem se recadastrar para requerer a continuidade do Benefício após a análise de suas rendas”.

Critérios para receber o Benefício

Para receber o benefício, a família deve procurar a Secretaria de Desenvolvimento Regional de abrangência da sua cidade, para dar entrada ao requerimento e apresentar os documentos necessários para receber o auxílio. Dentre os critérios do cadastramento, as crianças precisam ter nascido em SC; ter residência mínima dos pais ou responsáveis, no mínimo, há dois anos no Estado; e que a família tenha como renda bruta total até 85% do salário mínimo por pessoa do núcleo familiar. Em caso de óbito de uma das crianças, os pais ou responsáveis são orientados a comunicarem a SDR ou a Diretoria de Assistência Social para atualização do Benefício. Para ter o controle dos cadastrados no Benefício, semestralmente, as SDR são responsáveis por visitar as famílias.

Mais informações podem ser encontradas na Gerência de Benefícios, Programas e Transferência de Renda da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação, pelo telefone (48) 3364- 0768, no e-mail gestacaomultipla@sst.sc.gov.br ou no site da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação.

Secom/SC – Notícia de 25/12/2015

Resultado de imagem para trigêmeos ilhota

Manual para imprensa e sociedade do MP/SC

O é uma instituição independente do Poder Judiciário, do Poder Executivo, do Poder Legislativo e do Tribunal de Contas. Sua função é fiscalizar o cumprimento da lei, defendendo os direitos da sociedade.

Neste manual você conhece mais sobre o MP , suas áreas de atuação e atribuições na defesa dos direitos individuais, difusos e coletivos.Aqui você confere também um Glossário com os principais termos jurídicos.

Seja um voluntário

Conforme disposições da Lei n. 9.608/1998, regulamentou a prestação de serviço voluntário no âmbito da Instituição por meio do Ato n. 49/2012.

Poderá ser admitido como voluntário qualquer pessoa física, com mais de 18 anos, que comprove conhecimentos técnicos e científicos diversos dos tradicionalmente desempenhados pelos membros e servidores dos quadros funcionais do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

Assim, é vedada a celebração de termo de adesão com prestador de serviço voluntário unicamente em função de sua formação em Direito. Para mais informações ACESSE O REQUERIMENTO.

Fonte: MP/SC

Não podemos aceitar isso!

Sinal verde para a destruição da Amazônia

Sinal verde para a destruição da AmazôniaGreenpeace

Unidades de Conservação e Terras Indígenas são instrumentos eficazes no combate ao desmatamento, nesse momento em que a Amazônia vem sofrendo com aumento do desmatamento, tirar a proteção dessas UC’s é escancarar as porteiras para a destruição, agravando ainda mais a situação.

Sobrevoamos as áreas requeridas pela proposta dos parlamentares, e o que vimos foi muita floresta ainda preservada, e que deveria continuar assim: PROTEGIDA. Já no entorno das unidades, o cenário era de desmatamento e destruição.

Não podemos permitir que o governo coloque estas Unidades de Conservação à disposição do desmatamento. Afinal, o Brasil não precisa desmatar mais nenhuma floresta. O que precisamos é de Desmatamento Zero!

Compartilhe com seus amigos:

Compartilhe no Facebook

 

Discurso de Lula no velório de Dona Marisa

Veja a íntegra da fala do ex-presidente durante o adeus à Marisa Letícia Lula da Silva, em São Bernardo do Campo.

Diga o Ministério do Ensino Superior egípcio: Não há “testes de virgindade” para mulheres estudantes!

Virgindade

Para as mulheres egípcias que querem ir para a universidade, as suas aspirações acadêmicas pode depender o que está em entre as pernas.

Isso porque pelo menos um membro do Parlamento egípcio acredita que as mulheres não devem ser autorizados a prosseguir o ensino superior, a menos que eles podem passar invasivos “testes de virgindade”. Como o nome indica, estes testes não têm nada a ver com qualificações acadêmicas. Em vez disso, esses processos degradantes equivaleria a agressão sexual patrocinada pelo Estado dirigidas às mulheres que querem ganhar um grau.

Assine a petição para exigir que o ministro egípcio do Ensino Superior rejeitar testes de virgindade obrigatórios para os alunos!

Mulheres que passaram por tais práticas descrevê-los como “traumática”, “humilhante” e “horrível”. Eles não são mesmo cientificamente válido – ou colectiva. Em 2011, um tribunal egípcio proibiu prisões de realizar testes de virgindade em mulheres detidas. Mas isso não impediu que Elhamy Agina, um membro do Parlamento, de insistir que as alunas devem provar que são virgens, antes de poderem ser admitidos à universidade.

Mulheres de todo o mundo já são muito menos propensos a frequentar a universidade do que os homens devido a circunstâncias além de seu controle. A virgindade não deve ser um fator em saber se uma mulher pode perseguir uma educação, e nenhuma mulher deve ser humilhada por sofrer estes testes.

Em última análise, a decisão cabe ao Ministro do Ensino Superior no Egito. Diga a ele para recusar a execução de testes de virgindade. Assine a petição agora!

Obrigado por tudo que você faz,
Equipe Petições Care2

Abaixo-assinado, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Guilherme Colgate, um exemplo de dizimista fiel

E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.
Mateus 25:21

Não é por nada, mas tudo aqui pertence a Ele, mas… muitos agem diferente. Guilherme Colgate é um exemplo fiel de cristão. Segue mais alguns vídeos sobre a sua história.

As violações no sistema prisional brasileiro

ONU BrasilNa contramão da tendência mundial de redução do número de pessoas em privação de liberdade, o Brasil aumenta, a cada ano, 7% a sua população carcerária. O país já é o quarto no ranking global de encarceramento.

Durante a semana do Dia Internacional dos Direitos Humanos (10 de dezembro), o Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio) apresenta um especial sobre abusos no sistema prisional brasileiro, como o encarceramento de inocentes, superlotação, maus-tratos e tortura.

Mais informações neste link!