Celesc está com inscrições abertas para o concurso público

Concurso público Celesc

A Celesc Distribuição S.A. comunica que se encontram abertas, de 9 de janeiro de 2018 a 9 de fevereiro de 2018, as inscrições para o concurso público destinado ao provimento de vagas nos cargos deste Edital e à formação de cadastro de reserva de aprovados para vagas que vierem a ser criadas no prazo de validade do presente concurso no quadro de empregados da empresa. São 49 vagas disponíveis. As inscrições já estão valendo e podem ser realizadas no site 2018celesc.fepese.org.br onde também está disponível o edital. Mais detalhes no site da Celesc www.celesc.com.br.

Inscrição

  • Recomenda-se ao candidato que:
  • Leia atentamente o Edital antes de iniciar o preenchimento do Requerimento de Inscrição.
  • odos os campos obrigatórios do formulário deverão ser preenchidos.

Em conformidade com o Edital:
Para efetivar a sua inscrição pela Internet, o candidato deverá seguir os seguintes passos:

  1. Acessar o endereço eletrônico: 2018celesc.fepese.org.br;
  2. Ler atentamente o edital, inteirando-se das condições do certame e certificando-se de que preenche todas as condições exigidas;
  3. Preencher o Requerimento de Inscrição on line, imprimindo uma cópia que deve ficar em seu poder;
  4. Imprimir e efetivar o pagamento do boleto de pagamento da inscrição em qualquer agência bancária, posto de autoatendimento ou “home banking”, preferencialmente do Banco Itaú S.A, até a data de encerramento das inscrições.

Cronograma

O cronograma está previsto conforme edital 001/2018. Os dados retirados do Edital 001/2018

  • Publicação do Edital: 09/01/2018
  • Período de Inscrição: 09/01/2018 – 09/02/2018
  • Requerimento isenção do pagamento da inscrição: 09/01/2018 – 15/01/2018
  • Requerimento de condições especiais: 09/01/2018 – 09/02/2018
  • Requerimento para vagas reservadas: 09/01/2018 – 09/02/2018
  • Homologação dos requerimentos de isenção: 19/01/2018
  • Prazo recursal: 22/01/2018 – 23/01/2018
  • Publicação do despacho dos recursos: 25/01/2018
  • Homologação das Inscrições: 15/02/2018
  • Homologação dos pedidos de condições especiais: 15/02/2018
  • Prazo recursal: 16/02/2018 – 19/02/2018
  • Publicação do despacho dos recursos: 23/02/2018
  • Divulgação do Local das Provas: 23/02/2018
  • Data da Prova: 04/03/2018
  • Publicação do gabarito preliminar: 04/03/2018
  • Prazo recursal: 05/03/2018 – 06/03/2018
  • Publicação do despacho dos recursos: 13/03/2018
  • Resultado da prova escrita: 13/03/2018
  • Convocação para o Teste de Aptidão Física: 13/03/2018
  • Prazo recursal: 14/03/2018 – 15/03/2018
  • Publicação do despacho dos recursos: 16/03/2018
  • Republicação da convocação para Teste de Aptidão Física: 16/03/2018
  • Teste de Aptidão Física para o cargo de Eletricista: 18/03/2018
  • Resultado do Teste de Aptidão Física: 21/03/2018
  • Resultado final: 22/03/2018
  • Prazo recursal: 23/03/2018 – 24/03/2018
  • Publicação do despacho dos recursos: 28/03/2018
  • Republicação do resultado final: 29/03/2018

Meu resumo sobre o edital

O edital Nº. 001/2018 abre inscrições e define normas para o concurso público destinado a prover vagas nos cargos de empregados da CELESC DISTRIBUIÇÃO S.A.

A CELESC DISTRIBUIÇÃO S.A. comunica que se encontram abertas, de 9 de janeiro de 2018 a 9 de fevereiro de 2018, as inscrições para o concurso público destinado ao provimento de vagas nos cargos deste Edital e à formação de cadastro de reserva de aprovados para vagas que vierem a ser criadas no prazo de validade do presente concurso no quadro de empregados da empresa.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
1.1. O concurso público será realizado sob a responsabilidade da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos – FEPESE, localizada no Campus Universitário Reitor João David Ferreira Lima, da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC – Trindade – Florianópolis, SC – telefones (48) 3953 1000/ (48) 3953 1032, endereço eletrônico http://2018celesc.fepese.org.br, e-mail 2018celesc@fepese.org.br.
1.3. Todos os avisos e editais convocatórios serão publicados no sítio do concurso na Internet: http://2018celesc.fepese.org.br e se constituem na única fonte válida de informação a respeito das normas e procedimentos do presente concurso público.

2. DAS CONDIÇÕES PARA ADMISSÃO E CONVOCAÇÃO
2.1. O candidato convocado deverá cumprir as etapas do processo admissional definido pela Celesc Distribuição e preencher as seguintes condições.
g) Ter, no processo admissional especificado pela Celesc Distribuição, habilitação de escolaridade e requisitos exigidos para o cargo ao qual se inscreveu.
2.5. A convocação para o processo admissional do candidato aprovado e classificado para o cargo deste Edital far-se-á por meio de duas etapas:
a) A primeira etapa será realizada por meio de correio eletrônico, que será enviado ao candidato pelo e-mail corporativo concurso@celesc.com.br. Se o candidato convocado pela Celesc Distribuição S.A. não responder à convocação por meio eletrônico (e-mail convocatório), em até 48 horas após a data e horário constantes no e-mail, a Celesc Distribuição S.A. deflagrará a segunda etapa de contato com o candidato.
b) Na segunda etapa, a empresa enviará correspondência com A.R. (aviso de recebimento) por meio dos Correios na tentativa de segunda comunicação com o candidato sobre a convocação e as informações pertinentes à apresentação em local, data e horário estabelecidos pela Celesc Distribuição S.A.
2.6. Se o candidato não se manifestar e não comparecer no local, data e horário estabelecidos em sua convocação, será imediatamente desclassificado e será convocado o próximo candidato da lista de aprovados e classificados.
2.7. No momento do processo de admissão, o candidato não poderá pleitear vaga para a qual não tenha a documentação estritamente exigida em Edital. O diploma do ensino superior não habilita o candidato a ocupar vaga de cargo de nível médio ou técnico.

3. DO CARGO, REQUISITOS PARA O CARGO, CARGA HORÁRIA, VAGAS, SALÁRIO, LOTAÇÃO, ATRIBUIÇÕES/ATIVIDADES DO CARGO.
3.1. REQUISITOS PARA OS CARGOS
TABELA 1 – REQUISITOS PARA OS CARGOS
3.2. VAGAS, SALÁRIO LOTAÇÃO, CARGA HORÁRIA
TABELA 2– VAGAS, SALÁRIO, LOTAÇÃO E CARGA HORÁRIA
TABELA 03 – MUNICÍPIOS ABRANGIDOS PARA O CARGO ATENDENTE COMERCIAL POR AGÊNCIA REGIONAL
a) O salário nos 12 (doze) primeiros meses corresponderá a 85% do salário inicial, conforme Plano de Cargos e Salários da empresa.
b) Os candidatos aprovados e admitidos terão direito às demais vantagens e benefícios constantes do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT da respectiva categoria, vigente a partir da data da admissão.
d) Os salários e benefícios são reajustados anualmente conforme Acordo Coletivo de Trabalho – ACT.
e) O tempo de serviço na empresa será considerado a partir da contratação na Celesc Distribuição para o cargo aprovado por meio deste concurso.
g) No momento da admissão, para todos os cargos deste Edital regulamentados e fiscalizados por Conselho de Classe, será exigido o registro profissional no respectivo conselho.
h) Ficará incumbido ao futuro empregado da Celesc o pagamento de exames clínicos/médicos que por ventura sejam, ou venham a ser, exigidos pela legislação brasileira e/ou correlatadas para exercer e desempenhar o cargo profissional escolhido na inscrição do Concurso Público, tais como: exames toxicológicos, relacionados à renovação da C.N.H para categoria “C”.
3.3. ATRIBUIÇÕES/ATIVIDADES DO CARGO NÍVEL MÉDIO E TÉCNICO
CARGO: TÉCNICO INDUSTRIAL – EDIFICAÇÕES
• Gerenciar e fiscalizar a execução de obras de edificações.
Participar na elaboração de projetos civis.
Planejar a execução, orçar e providenciar materiais.
Executar outras atividades técnicas em edificações.
Elaborar documentação e prestar assessoramento técnico.
Orientar e observar normas e procedimentos técnicos e de segurança no trabalho.
Gerenciar contratos.
Coordenar e participar de projetos e equipes de trabalho.
Ministrar treinamento.
Dirigir veículo da empresa transportando equipe e material de trabalho e responsabilizando-se por sua manutenção.
Efetuar tarefas necessárias ao desempenho das atividades do Cargo.

5. DA INSCRIÇÃO
5.1. A participação no Concurso iniciar-se-á pela inscrição, que deverá ser efetuada no prazo e nas condições estabelecidas neste edital.
5.2. No momento da inscrição, o candidato deverá optar:
b) Pelo município onde deseja realizar a prova: Chapecó, Criciúma, Grande Florianópolis, Joinville e Lages.
5.3. O valor da inscrição para cargo de nível médio é de R$ 90,00. O valor da inscrição para o nível médio/técnico é de R$ 110,00 e o valor da inscrição para cargos nível superior é de R$130,00.
5.4. As inscrições para o concurso público estarão abertas das 12 horas do dia 9 de janeiro de 2018 às 16 horas do dia 9 de fevereiro de 2018, por um dos seguintes meios:
a) Inscrição pela Internet;
b) Inscrição presencial no Posto de Atendimento ao candidato. Instruções para a inscrição pela Internet
Para efetivar a sua inscrição pela Internet, o candidato deverá seguir os passos a seguir:
a) Acessar o endereço eletrônico http://2018celesc.fepese.org.br
b) Ler atentamente o edital e preencher online o Requerimento de Inscrição, imprimindo uma cópia que deve ficar em seu poder.
c) Imprimir e efetivar o pagamento do boleto de pagamento da taxa de inscrição em qualquer agência bancária, posto de autoatendimento ou “home banking”, preferencialmente do Banco Itaú S.A., até a data de encerramento das inscrições.

7. DAS ETAPAS DO CONCURSO PÚBLICO
7.1. O concurso público para o cargo de eletricista constará de 2 (duas) etapas. A saber:
a. Primeira etapa: prova escrita com questões objetivas de caráter classificatório e eliminatório.
b. Segunda etapa: teste de aptidão física, de caráter unicamente eliminatório.
7.2. O presente Concurso Público para todos os demais cargos será constituído de uma única etapa.
Etapa única: prova escrita com questões objetivas de caráter classificatório e eliminatório.
7.4. A prova escrita será realizada no dia 04 de março de 2018, nas cidades de Chapecó, Criciúma, Grande Florianópolis, Joinville e Lages, de acordo com o cronograma abaixo, em locais que serão divulgados por aviso publicado no sítio do concurso na Internet, na data provável de 23 de fevereiro de 2018.
TABELA 4 – EVENTOS DA PROVA
TABELA 5 – PROVAS PARA CARGOS DE NÍVEL MÉDIO E TÉCNICO
Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem na prova escrita nota igual ou superior a 6,0 (seis).

12. DA HOMOLOGAÇÃO E VALIDADE DO CONCURSO
12.1. O resultado final do concurso – extrato de homologação – será publicado no Diário Oficial do Estado de Santa Catarina. O resultado final do concurso – nome dos aprovados/classificados será disponibilizado no sítio do concurso http://2018celesc.fepese.org.br e no sítio/portal da Celesc Distribuição S.A. http://www.celesc.com.br.
12.2. O prazo de validade do presente Concurso Público será de 2 (dois) anos, contados da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Celesc Distribuição S.A.
12.3. No prazo estabelecido no subitem anterior, havendo desistência de candidato ou não cumprindo este às exigências legais cabíveis, assumirá o próximo candidato da lista de classificação.

13. DA CLASSIFICAÇÃO, DO APROVEITAMENTO E DA FORMAÇÃO DO CADASTRO DE RESERVA
13.1. Farão parte do Cadastro de reserva todos os candidatos que forem aprovados e classificados no presente Concurso Público.
13.2. A utilização do cadastro de reserva obedecerá, rigorosamente, à ordem de classificação final, sendo que:
a) Classificação geral: corresponde ao cadastro estadual;
b) Classificação específica corresponde à área de R.H. (Agência Regional ou Adm. Central) para qual o candidato optou no ato da inscrição;
c) Especificamente para o cargo de Atendente Comercial, a classificação geral corresponde à área de RH (Agência Regional) e a classificação específica ao município para qual o candidato optou no ato da inscrição.
13.3. O candidato classificado no presente Concurso Público poderá ser convocado, em virtude das necessidades da Celesc Distribuição S.A., obedecida rigorosamente a ordem de classificação, tendo prioridade na contratação os candidatos inscritos para as vagas reservadas aos candidatos com deficiência.
13.4. Será excluído do Concurso Público o candidato aprovado e classificado que não aceitar a convocação ou não comparecer na data, local e hora definidos na convocação.

14. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
14.1. O regime jurídico ao qual estarão vinculados os candidatos habilitados neste Concurso Público será o da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT.
14.2. Os candidatos aprovados e classificados serão admitidos, por ordem de classificação, respeitados o número de vagas, a conveniência e oportunidade e o limite prudencial e total de gastos com pessoal e os impedimentos ditados pela Lei Complementar Federal nº 101, de 4 de maio de 2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal).
14.3. O candidato aprovado e classificado, quando convocado, deverá realizar os exames exigidos pela Celesc Distribuição S.A. e atender os parâmetros por ela estabelecidos.
14.4. O candidato aprovado e classificado, quando convocado para iniciar o processo admissional, deverá apresentar os documentos abaixo relacionados:
a) Original e cópia do documento de identidade que comprove ser brasileiro nato ou naturalizado ou, ainda, português na forma do disposto no art. 13 do Decreto nº 70.436;
b) Certidão Negativa de Crime Eleitoral (obtida na Zona Eleitoral do Município referente ao Título de Eleitor);
c) Certidão de Quitação Eleitoral (obtida na Zona Eleitoral do Município referente ao Título de Eleitor);
d) Declaração de não ter sofrido demissão a bem do serviço público ou por justa causa (modelo fornecido pela Celesc Distribuição S.A.);
e) Declaração de não acúmulo de serviço, cargo ou emprego público, conforme art 37. CF de 88.
f) Original e cópia do Certificado de Reservista ou de dispensa do Serviço Militar, no caso dos candidatos do sexo masculino;
g) Original e cópia do Diploma ou Certificado de Formação Escolar exigida para o cargo;
h) Original e cópia do CPF;
i) Original e cópia do Título de Eleitor;
j) Carteira de Trabalho e Previdência Social;
k) Comprovante de inscrição no PIS/PASEP;
l) Original e cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento;
m) Original e cópia da Certidão de Nascimento dos filhos menores de 14 anos;
n) 1 foto 3 x 4 colorida recente;
o) Certidões Negativas de Antecedentes Criminais emitidas pela Polícia Federal e pela Justiça Estadual;
p) Ofício Judicial em que determina alimentos provisionais, no caso de separação;
q) Declaração de Bens (modelo fornecido pela Celesc Distribuição S.A.);
r) Ficha de dados cadastrais (modelo fornecido pela Celesc Distribuição S.A.);
s) Certidão Negativa do INSS de que não percebe benefício (obtida pelo candidato junto ao INSS);
t) Original e cópia do Comprovante de Residência (água, luz ou telefone);
u) Carteira Nacional de Habilitação com a categoria exigida pelo cargo;
v) Original e cópia do comprovante de registro profissional no Conselho/Órgão de Classe – atualizado;
w) Declaração do conselho/órgão fiscalizador de que está quite com as obrigações legais;
x) Comprovante de conta no Banco do Brasil.
14.5. Os primeiros 90 dias de contrato serão de experiência, período em que será avali ado o desempenho do candidato no exercício do cargo. Do 91º ao 180º dia, o contrato se estende para o estágio probatório e será aplicada uma segunda avaliação que definirá a permanência do candidato no cargo.
14.6. O candidato reprovado em pelo menos em uma das avaliações descritas no subitem 14.5 deste Edital terá seu contrato de trabalho rescindido.
14.7. O candidato aprovado, classificado e admitido conforme regras descritas neste edital deverá ser lotado e permanecer pelo período mínimo de 5 (cinco) anos na Administração Central ou Agência Regional na qual foi admitido.
14.7.1. Especificamente para o candidato aprovado, classificado e admitido no Cargo de Atendente Comercial, conforme regras descritas neste Edital, deverá ser lotado e permanecer pelo período mínimo de 5 (cinco) anos na lotação (município) da Celesc Distribuição S.A. na qual foi admitido.
14.7.2. Poderá ser autorizada a movimentação interna (a critério da Celesc) antes do período mínimo de 5 (cinco) anos, nos casos em que o candidato lotado em lotação diversa esteja solicitando retorno para a lotação em que tenha optado no ato da inscrição e desde que haja vaga.
14.7.3. Poderá ser autorizada a movimentação interna (a critério da Celesc) antes do período mínimo de 5 (cinco) anos, nos casos em que seja realizada permuta entre empregados com o mesmo cargo ou grupo ocupacional em que as atividades desenvolvidas sejam compatíveis.
14.8. O candidato que integrar o cadastro de reserva deverá manter seu endereço e contato atualizados junto ao Departamento de Gestão de Pessoas na Administração Central da Celesc Distribuição S.A. em Florianópolis, Santa Catarina por meio do e-mail corporativo concurso@celesc.com.br, após a homologação do resultado final do Concurso Público, sob pena de perda da classificação.
14.9. A escolaridade exigida para o exercício do cargo deverá ser comprovada unicamente no momento da solicitação da Celesc Distribuição nas etapas da admissão, para a contratação do candidato aprovado e classificado.
14.10. Delega-se competência à Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos – FEPESE para:
a) Receber as inscrições e respectivos valores das inscrições;
b) Deferir e indeferir as inscrições dos candidatos;
c) Emitir os documentos de confirmação de inscrições;
d) Elaborar, aplicar, julgar, corrigir e avaliar as provas a que se refere o presente concurso;
e) Receber e apreciar os recursos administrativos previstos neste Edital;
f) Emitir relatórios de classificação dos candidatos;
g) Constituir comissão interna do concurso e designar banca examinadora de provas.
14.12. Será excluído do concurso, por ato da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos – FEPESE, o candidato que:
a) Tornar-se culpado por agressões ou descortesias para com qualquer membro da equipe encarregada de realização das provas;
b) Forsurpreendido, durante a aplicação das provas, em comunicação com outro candidato, verbalmente, por escrito ou por qualquer outra forma;
c) For flagrado, utilizando-se de qualquer meio, visando burlar a prova, falsa declaração e ou falsa identificação pessoal;
d) Ausentar-se da sala de prova durante a sua realização, sem estar acompanhado de um fiscal;
e) Recusar-se a entregar ao fiscal qualquer material, utensílio e/ou equipamento não permitido;
f) Agir em desacordo com as normas fixadas no Edital.
14.13. Os casos omissos serão resolvidos conjuntamente pela Celesc Distribuição S.A. e pela Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos – FEPESE.

O edital você poderá obter através deste link!

Clique aqui para baixar - Arquivos

Anúncios

Celesc abre Concurso Público com vagas para todo o estado

Estão abertas as inscrições para o concurso público da Celesc, com oportunidades para diversas cidades do estado. Os salários iniciais variam de R$ 1.106,40 a R$ 4.365,06, além de benefícios como plano de saúde, auxílio creche/babá, auxílio estudante, vale alimentação, plano de previdência, entre outros.

São 49 vagas disponíveis: 16 para cargos de nível médio, 16 para cargos de nível técnico e 17 para cargos de nível superior. Do total, 20% das posições serão disponibilizadas a pessoas com deficiência (PcD). A previsão é de que os primeiros concursados sejam chamados já a partir de maio deste ano. Os demais aprovados irão compor cadastro de reserva e poderão ser acionados à medida que for identificada a necessidade.

As inscrições podem ser realizadas no site http://2018celesc.fepese.org.br (onde também está disponível o edital), até o dia 09 de fevereiro, ao custo de R$ 90,00 para candidatos a cargos de nível médio, R$ 110,00 para cargos de nível técnico e R$ 130,00 para cargos de nível universitário. A prova está marcada para o dia 04 de março e será aplicada nas localidades de Chapecó, Criciúma, Grande Florianópolis, Joinville e Lages.

Confira neste link a tabela do quadro com os cargos disponíveis e suas respectivas exigências.

Celesc

Incidente no sistema Eletrosul de Ilhota afeta subestações da Celesc

Acabou a luz

Uma ocorrência na Subestação da Eletrosul em Ilhota, registrada às 17h55 desta terça-feira, 25, desligou duas subestações da Celesc, uma em Itajaí e outra em Balneário Camboriú, conectadas ao sistema Eletrosul.

No momento da ocorrência, o fornecimento de energia foi interrompido para 73.000 unidades consumidoras, localizadas principalmente nos municípios de Balneário Camboriú, Camboriú, Ilhota e Itajaí.

A Celesc está remanejando cargas para outras subestações, a fim de minimizar o número de unidades consumidoras atingidas, porém, o restabelecimento total só ocorrerá com a recomposição do sistema da Eletrosul.

Fonte: Centrais Elétricas de Santa Catarina, por Ana Carolina Dall’Agnol anacda@celesc.com.br.

Tarifas de energia mais baratas a partir de março

Celesc

A nova Lei 12.783, publicada neste dia 14 de janeiro de 2013, aprova os termos definitivos da medida provisória 579/12 e dispõe sobre a prorrogação das concessões do setor elétrico e sobre a redução da tarifa de energia elétrica cobrada dos consumidores em todo o País.

Com a nova Lei, o Governo poderá prorrogar, por até 30 anos, concessões de geração, transmissão e distribuição de energia que vencem a partir de 2015, reduzindo ou eliminando encargos cobrados na conta de energia elétrica.

A partir de agora as empresas passam a comercializar de forma diferenciada a “energia velha”, proveniente de empreendimentos anteriores a Lei 8.987/95.

  • A energia velha passará a ser comercializada no ambiente regulado, com tarifa definida pela ANEEL, de forma similar ao que ocorre hoje com os custos dos serviços de distribuição de energia elétrica.
  • A energia nova continuará sendo comercializada nos moldes atuais, por meio de leilões públicos promovidos pelo Ministério de Minas e Energia e a ANEEL, via Câmara de Comercialização de Energia.

O Governo está promovendo a redução da tarifa com a eliminação ou redução de encargos embutidos na fatura de energia elétrica. Com tais medidas, o governo anuncia que esta trabalhando para alcancar uma reducao media de ate 20,2% na fatura de energia. Os consumidores residenciais serão favorecidos com redução de ate 16,2% e a redução na indústria pode chegar a ate 28%.

  • O Governo promoverá uma revisão extraordinária das tarifas em 5 de fevereiro e os consumidores sentirão o efeito do reajuste a partir das faturas dos meses posteriores.
  • A lei prevê a extinção da RGR (Reserva Global de Reversão), cessando a cobranca para as distribuidoras de energia, transmissoras e geradoras.
  • Não será mais realizada a cobrança do encargo CCC (Conta de Consumo de Combustíveis), cujos custos para o sistema isolado sera suportado pelo tesouro nacional.
  • A cobrança da CDE (Conta de Desenvolvimento Energético) será reduzida para 25% do valor atual.
  • Os recursos da CDE continuarão sendo destinados para tarifa social, programa Luz para Todos, e para as Fontes Alternativas.

Os impactos para a Celesc

  • Os clientes da Celesc serão todos beneficiados pela medida governamental e também terão suas tarifas reduzidas, nos mesmos parâmetros dos demais consumidores em todo o País.
  • O fato de a Celesc decidir por não aderir ao processo de prorrogação da concessão das usinas da Celesc Geração não interfere na redução da tarifa, considerando o percentual de seu parque gerador em relação à totalidade das usinas velhas que passam pelo processo. Tal decisão se deu pelo fato de defesa do patrimônio da Empresa, que poderá perder até 80% de seu faturamento com as novas medidas, conforme já divulgado.

Crescem denúncias de violência contra o idoso em SC

Idoso

As delegacias e Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) registraram 92,3 mil casos de violência contra os idosos nos últimos três anos em Santa Catarina. Apenas no ano passado, foram 30 mil registros de boletim de ocorrência, conforme os dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SC).

A maior parte está relacionada a furto (62%) e os principais atos violentos incluem ameaças, danos físicos, estelionato e injúria. Somente os casos de homicídio chegaram a 111 no ano passado. Em SC, até maio deste ano foram registradas 100 denúncias de maus tratos contra os idosos por meio do Disque 100. Em 2011, em todo o ano foram 58 denúncias.

Nesta sexta-feira, 15 de junho, será lembrado o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa e o Conselho Estadual do Idoso (CEI) em parceria com a Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) realiza campanha com o slogan “Rompendo o Silêncio”.

Para abrir a campanha as duas instituições promovem, nesta sexta-feira, 15 de junho, mesa redonda com diversas autoridades com o objetivo de informar à sociedade sobre as formas de violência e sensibilizar a opinião pública para denunciar por intermédio do Disque 100. O evento será das 14h às 17h, na sede da Celesc, em Florianpólis.

A mesa redonda será transmitida por videoconferência para as 16 agências regionais da Celesc e contará com a participação das secretarias municipais de Assistência Social, das Secretarias Regionais de Desenvolvimento (SDRs), Associação dos Municípios e dos Conselhos Municipais do Idoso.

Dentre outras ações previstas para a campanha está a mobilização de prefeituras e conselhos municipais da pessoa idosa para que desenvolvam atividades e a articulação com órgãos da área de educação para que escolas, famílias e instituições desenvolvam atividades de conscientização de forma preventiva e sistemática.

A Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) também promoverá reunião interna para conscientizar os servidores, além disso vai incentivar as secretarias municipais de assistência social e SDRs a realizarem eventos locais voltados para esta temática.

A presidente do Conselho Estadual do Idoso (CEI), Kátia Ribeiro Freitas, afirmou que a violência contra esta parcela da população ocorre principalmente dentro de casa. “Na maioria das vezes é por negligência, intolerância, exploração financeira ou abandono praticados por pessoas da própria família”, explicou. “As ações dos órgãos governamentais e não governamentais devem ser contínuas visando a superação destes problemas”, ressaltou.

Kátia destacou que uma das deliberações da 3ª Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa foi a construção de Centros Dia, uma forma de conter a violação de direito contra a pessoa idosa.

Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que o Estado possui 656.913 idosos, o que representa 11% da população catarinense. Deste total, somente 20.255 recebem o Benefício da Prestação Continuada da Assistência Social (BPC). No país, 1,7 milhão de idosos recebem o BPC.

O benefício assegura a transferência mensal de um salário mínimo ao idoso com 65 anos ou mais. Para receber é preciso comprovar não possuir meios de garantir o próprio sustento, nem tê-lo provido por sua família. A renda mensal familiar per capita deve ser inferior a um quarto (1/4) do salário mínimo vigente. A gestão do BPC é realizada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

À SST cabe assessorar os municípios na implantação dos serviços de atendimento aos beneficiários do BPC e nas estratégias para busca ativa de novos beneficiários. “Além disso, são realizadas visitas técnicas para monitorar como os municípios estão atuando para garantir a qualidade do atendimento”, explicou o secretário da pasta, João José Cândido da Silva.

SC terá Centros Dia para idosos

O governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) investirá pela primeira vez em Centros Dia para idosos. Estão previstas duas unidades, uma em Lages e outra em Joinville, com cofinanciamento pelo Estado de R$ 350 mil cada um por meio de recursos do Fundo Estadual de Assistência Social (FEAS).  A expectativa é que cada Centro Dia receba 25 idosos por turno. Os custos de manutenção serão divididos entre os municípios e o Estado. A expectativa é de que comece a funcionar a partir do segundo semestre de 2013. Agora, é a fase de elaboração do projeto técnico e arquitetônico. O secretário da SST, João José Cândido da Silva, destacou que o governador Raimundo Colombo aprovou a construção de mais 18 Centros Dia para idosos até 2014.

Os Centros Dia atenderão a população idosa em situação de vulnerabilidade social e as pessoas serão encaminhadas pelos Centros de Referência Especializados em Assistência Social (Creas).

Serão locais para atendimento aos idosos e famílias ou cuidadores, que tiveram as limitações agravadas por violações de direitos como exploração da imagem, isolamento, confinamento, atitudes discriminatórias e preconceituosas ou falta de cuidados, dentre outros. As unidades ajudarão as famílias a tratar os idosos para que não tenham seus direitos violados.

Os municípios selecionados tiveram que seguir determinados critérios. Devem possuir Creas instalados, ter respondido ao Censo SUAS em 2011; ter instalado o Conselho Municipal do Idoso e possuir Serviço de Acolhimento Institucional para Idosos.

Foram considerados ainda o número de idosos cadastrados no Benefício de Prestação Continuada (BPC) no município; o número de casos acompanhados pelos CREAS, o registros de ocorrências de violências domésticas contra o idoso e infrações que constem no Estatuto do Idoso, tendo por fonte os dados das Delegacias de Polícia de 2009 a 2011.

Saiba mais

A Organização das Nações Unidas (ONU), por conta do grande número de denúncias de maus tratos registradas na família estipulou em 2006 a data de 15 de junho como o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. Há cerca de 76 conselhos municipais de idosos em SC.

O que é o Creas

O Centro de Referência Especializada em Assistência Social (Creas) é a unidade pública estatal que oferece serviços da proteção especial especializados, continuados e gratuitamente a famílias e pessoas em situação de ameaça ou violação de direitos. O Creas também tem o papel de coordenar e fortalecer a articulação dos serviços com a rede de assistência social e as demais políticas públicas. O Estado possui 85 Creas em 81 municípios.

Em SC, até maio deste ano foram registradas 100 denúncias de maus tratos contra os idosos por meio do Disque 100. Em 2011, em todo o ano foram 58 denúncias.

População em Instituição de Longa Permanência (ILPIs) – 3.541 pessoas em 118 instituições, incluindo as da iniciativa privada em 35 municípios.

Perfil do idoso no Centro Dia

  • A partir dos 60 anos.
  • Prioritariamente idosos beneficiários do BPC ou em situação de pobreza inseridos no CadÚnico do governo federal.

O que os espaços devem oferecer

  • Sigilo, conforto e acessebilidade aos usuários.
  • Recepção.
  • Banheiros com chuveiro masculino/feminino.
  • Refeitório.
  • Cozinha.
  • Despensa de alimentos.
  • Despensa para materiais para manutenção dos serviços/base física.
  • Lavanderia.
  • Sala para equipe de referência e coordenação.
  • Sala para atendimento individual/familiar.
  • Sala para atendimento em grupo.
  • Espaço de lazer e atividade física, externa e interna.
  • Espaço para atividades socioeducativas (informática, trabalhos manuais, oficinas artísticas e culturais, biblioteca, videoteca, jogos, etc).
  • Salas para descanso.
  • Quartos para descanso (femininos e masculinos)

Equipe técnica

  • 1 coordenador (assistente social, psicólogo ou pedagogo).
  • 1 assistente social.
  • 1 psicólogo.
  • 1 terapeuta ocupacional ou pedagogo.
  • 6 profissionais (3 por turno), no mínimo, de nível médio do Sistema Único de Saúde (SUAS) responsáveis pelas atividades de cuidados pessoais e atividades socioeducativas.
  • 1 profissional de nível médio do SUAS para a realização de atividades de apoio administrativo (Plano Viver Sem Limites/Centro Dia para pessoas com deficiências).
  • 1 motorista.
  • cozinheira e serviços gerais.

Equipe intersetorial (articulação profissionais do SUS, Educação, Esporte)

  • 1 Técnica em enfermagem.
  • 1 Professor de Educação Física ou Fisioterapeuta

A contratação dos profissionais fica a cargo dos municípios

  • Horário de atendimento: Pelo menos cinco dias da semana, de 8 a 12 horas diárias, incluindo o horário de almoço. O horário de permanência do usuário poderá ser flexibilizado e dividido por turno. Recomenda-se a permanência mínima de dois turnos por semana. Ver possibilidade de atendimento em feriados e finais de semana.
  • Serviços a serem oferecidos: Acolhida, escuta, informação, comunicação e defesa de direitos; articulação com os serviços de políticas públicas setoriais; articulação da rede de serviços socioassistenciais; articulação interinstitucional com o Sistema de Garantia de Direitos; atividades de convívio e de organização da vida cotidiana; orientação e encaminhamento para a rede de serviços locais, dentre outros.

Governo investe R$ 12,1 milhões na nova subestação de Navegantes

Construída para oferecer melhores condições de atendimento à população, a nova subestação das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), em Navegantes, foi inaugurada pelo governador Raimundo Colombo, nesta segunda-feira (12). Com um investimento de R$ 12,1 milhões do Governo do Estado, por meio da Celesc, a subestação atenderá 30 mil unidades consumidoras para uma população de 70 mil habitantes e permitirá que a região receba novos empreendimentos.

O governador destaca que investir em energia trará ainda mais desenvolvimento à região de Itajaí. “A energia é um insumo básico para dar confiabilidade, qualidade e também condições de ampliação do sistema de produção, por isso, hoje estamos dando um grande  asso para assegurar o crescimento da região com qualidade e geração de empregos”.

O investimento de R$ 12,1 milhões inclui também a linha de transmissão a partir da Subestação Itajaí-Itaipava, que foi ampliada para atender a nova configuração do sistema elétrico. A nova subestação possui uma capacidade de 138 KV (kilo-volts), o que aumenta a disponibilidade de energia no município de Navegantes e região, além de melhorar a confiabilidade e a qualidade de energia distribuída, diminuindo a duração e a frequência das interrupções no abastecimento.

A obra põe fim ao esgotamento do sistema de distribuição que atende o município de Navegantes, ocasionado pelo aumento nas instalações portuárias da região e o crescimento do Porto de Navegantes. A nova subestação diminui o número de desligamentos de alimentadores e melhora o nível de tensão, oferecendo maiores condições de atendimento ao crescimento do mercado, com um acréscimo de potência de 79,80 MVA.

O presidente da Celesc, Antônio Gavazzoni, afirma que a obra beneficia diretamente os municípios de Penha, Navegantes e Ilhota e, indiretamente, os sistemas elétricos de Itajaí, Camboriú e Balneário Camboriú, chegando a um total de 250 mil habitantes. “Agora, a região tem energia garantida pelas próximas décadas, com capacidade de atração de novas empresas”. Gavazoni ainda informa que somente esta semana serão inauguradas cinco subestações em todo o Estado, superando R$ 80 milhões em investimentos. “Estamos colocando em prática o Plano de Investimentos anunciado no ano passado. Em 2011, já investimos R$ 461 milhões”.

Vidal Ramos

Durante a tarde desta segunda-feira (12), às 16h, será realizada a inauguração da Subestação Vidal Ramos, que opera com apoio da nova Linha de Transmissão 138kV Rio do Sul RB – Vidal Ramos. Na subestação, foram investidos R$ 5,9 milhões, e na Linha, R$ 19 milhões. A nova unidade aumentará a disponibilidade de energia na região e dará melhores condições de atendimento ao crescimento do mercado, com um aumento de potência de 26,67 MVA.

Prefeitura pede ampliação da rede de energia elétrica da cidade

Vereador Calinho e a secretária de administração Ana Lúcia Wilvert

Jornal IlhotaA secretária de administração e finanças de Ilhota, Ana Lúcia Wilvert, juntamente com o vereador Calinho, realizou uma reunião nesta semana com a Celesc Itajaí para solicitar a ampliação da rede de energia elétrica pública na área central de Ilhota. “Este encontro se fez necessário para que possamos proporcionar alternativas para o desenvolvimento social, visando o atendimento de toda comunidade”, comenta Ana.

Quem recepcionou os representantes da cidade foi o gerente regional Omar Bernardino Rebello, que prometeu analisar o caso. Segundo o vereador Calinho, o projeto será muito útil, principalmente para o bairro Ilhotinha. “A comunidade cresceu muito nos últimos anos e há a necessidade de expansão da rede, já que o bairro encontra-se com uma crescente expansão no ramo imobiliário”. Conforme Ana, a “expansão da energia elétrica é um compromisso do governo do estado, mas a prefeitura está investindo neste serviço para atender todos com igualdade”.

Concurso da Celesc tem 3779 inscritos

Celesc

Quase quatro mil candidatos estão inscritos para o concurso público da Celesc Distribuição, destinado a prover vagas para os cargos de Advogado e Engenheiro, além de formar cadastro de reserva. O concurso, realizado sob a responsabilidade da Fundação de Estudos e Pesquisas, oferece 37 vagas para cargos de nível superior com salários variados de R$ 4.632,50 e R$ 4.972,99, mais vale alimentação ou refeição de R$ 616,00. A jornada de trabalho, para todos os cargos, é de 8 horas diárias. Do total de vagas, 5% são reservadas às pessoas com deficiência física, auditiva, visual ou intelectual. O local de trabalho para todas as vagas de Engenheiro é a Administração Central da Celesc em Florianópolis.

A prova escrita será realizada no dia 04 de dezembro de 2011, nas cidades de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville e Lages, em locais e horários a serem divulgados, via internet, no endereço eletrônico celesc.fepese.org.br. O gabarito da prova escrita será divulgado a partir das 20h do dia da sua realização, no endereço eletrônico do concurso.

Número de inscritos para cada cargo

  • Advogado: 12 vagas/1863 inscritos.
  • Engenheiro Agrimensor: 1 vaga/62 inscritos.
  • Engenheiro Civil: 2 vagas/318 inscritos.
  • Engenheiro de Produção – Eng. Elétrica: 2 vagas/66 inscritos.
  • Engenheiro de Telecomunicações: 1 vaga/124 inscritos.
  • Engenheiro Eletricista: 17 vagas/1189 inscritos.
  • Engenheiro Mecânico: 2 vagas/238 inscritos.
  • TOTAL: 3779 candidatos inscritos.