Violência policial contra negros e pobres une Brasil, Jamaica e EUA


Violência policial contra negros

Anistia Internacional, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツA Anistia Internacional lançou seu relatório anual “O Estado dos Direitos Humanos no Mundo 2016/17”, que traz um panorama sobre avanços e retrocesso na agenda de direitos em 159 países. Na região das Américas, um dos destaques foi o aumento da violência – o continente abriga os dez países  com as maiores taxas de homicídios no mundo.

É preciso destacar a força das mulheres – mães, irmãs, companheiras de vítimas da violência – na linha de frente de toda denúncia e mobilização por justiça. Seja no Brasil, Estados Unidos ou Jamaica, são estas vozes femininas que lutam contra a impunidade, como é o caso de Shackelia Jackson, que teve seu irmão morto aos 27 anos pela polícia jamaicana e estava presente no debate “Mulheres Negras na Resistência e Mobilização por Direitos Humanos” no lançamento do relatório anual. Saiba sobre o debate aqui!

O caso de Sheldon Gary Davis

Também é a situação de Sheldon Gary Davis, que foi levado de sua casa por 30 policiais, em maio de 2010, em Kingston, capital da Jamaica. Ele foi levado para verificações e acusado de fazer parte de grupos criminosos que vinham causando uma onda de violência na cidade. Apesar de ter negado todas as acusações e nenhuma evidência concreta ter sido apresentada pelos policiais, Sheldon foi levado sob custódia para um banco de sangue público nas proximidades de sua casa, onde foi executado pelos policiais. A polícia justificou a execução dizendo que ele havia tentado pegar a arma de um dos soldados.

Paulette Wellington, mãe de Sheldon, apresentou denúncia à Defensoria Pública assim que teve a confirmação de sua morte, quatro dias depois de sua detenção. Entretanto, o caso nunca foi a julgamento, e os responsáveis pela execução extrajudicial de Sheldon nunca foram punidos.

Anistia Internacional

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s