Refugiado sírio e migrante congolês falam sobre integração no Brasil em peça de teatro


No Rio de Janeiro, a peça RJ Refúgio conta com o sírio Hadi Bakkour, de Alepo, e o congolês Tresor Muteba, de Kinshasa, no elenco para abordar os desafios vividos por estrangeiros que fogem de seus países de origem e buscam um novo começo no Brasil. Preconceito e racismo são alguns dos temas das histórias encenadas no palco do SESC de Copacabana.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s