A diferença entre doar sangue e doar plaquetas por aférese


Doar sangue e doar plaquetas por aférese, Hemosc, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

Doador você sabe qual é a diferença entre doar sangue e doar plaquetas por aférese? A doação de sangue total é fracionada em concentrado de hemácias, plaquetas e plasma. A doação por aférese é retirado só plaquetas, porém numa quantidade maior que seria necessário em média oito doadores de sangue para se ter a mesma quantidade de plaquetas.

Doação de sangue

A doação é a retirada de aproximadamente 450 mL de sangue, através de inserção de uma agulha em um dos braços. A coleta é feita por pessoal capacitado e sob supervisão de um médico ou enfermeiro, garantindo o bem estar do doador. O ambiente deve ser limpo e confortável e o material descartável. Todo o processo da doação de sangue levam em torno de 55 minutos. Doar sangue não dói, nem prejudica a sua saúde.

O sangue é um tecido vivo que circula pelo corpo, essencial à vida. Todos os dias acontecem centenas de acidentes, cirurgias e queimaduras violentas que exigem transfusão, assim como os portadores de hemofilia, leucemia e anemias.

Além disso, doar sangue é um ato simples, tranquilo e seguro que não provoca risco ou prejuízo à saúde. Se cada pessoa saudável doasse sangue espontaneamente pelo menos duas vezes ao ano, os Hemocentros teriam Hemocomponentes suficiente para atender toda população. O sangue não tem substituto. Por isso a doação espontânea e periódica é fundamental. Uma única doação de sangue pode salvar várias vidas. Doar sangue é uma atitude necessária, de solidariedade, cidadania e amor.

Lembre-se:

  • Sangue não se fabrica artificialmente;
  • O sangue doado não ultrapassa 10% do volume em circulação no corpo;
  • A quantidade doada é reposta rapidamente;
  • Você só doa novamente se quiser. A doação de sangue não vicia;
  • A doação acontece em ambiente confortável e limpo;
  • O doador é atendido por pessoal capacitado e qualificado para esta função.

A doação por Aférese

Uma doação por Aférese é um pouco mais complicada e é uma doação diferenciada, onde é retirada apenas uma parte do sangue, isto é, somente as plaquetas são coletadas.Dessa forma, a quantidade de plaquetas obtida é, em média, 7 vezes maior do que se consegue em uma doação normal.

A reposição das plaquetas é feita naturalmente pelo organismo, em geral, no prazo de 48 horas, portanto, a doação por Aférese não afeta a saúde e permite que a pessoa doe novamente em 72 horas.

O doador por Aférese é conectado à máquina de aférese, através de punção venosa, ou seja, uma veia do doador é selecionada, uma agulha alcança essa veia e, por meio de um cateter, o material coletado é levado à máquina.

Por centrifugação a máquina separa o sangue do doador e retira somente as plaquetas, devolvendo as outras células ao doador. O sangue mantém contato apenas com um material descartável e estéril que se chama kit. O procedimento dura aproximadamente 1 hora e 30 minutos, o que exige uma colaboração maior do doador.

São pacientes que utilizam essas plaquetas são as que sangram devido a baixa contagem de plaquetas ocasionada por leucemias, câncer, anemia aplástica, quimioterapia, radioterapia, entre outras tantas causas. As pessoas submetidas a transplante de medula óssea, necessitam de muitas transfusões de plaquetas.

Mas fique tranquilo, doar plaquetas por aférese não é perigoso! Todo o material utilizado é estéril, descartável e de uso único. Mas… Quais as exigências para ser um doador de plaquetas por aférese?

  • Ter idade entre 18 e 65 anos;
  • Peso acima de 60 kg;
  • Trazer um documento de identificação com foto;
  • Ter boas condições de veias;
  • Agendar o horário da doação com antecedência;
  • Ter disponibilidade de aproximadamente 2 horas para doação
  • Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 4 horas;
  • Não ter feito uso de medicamentos que contenham Ácido Acetilsalicílico nos últimos 7 dias;
  • Não estar gripado ou com sinais de infecção (febre, mal-estar, dor, diarréia, etc);
  • Demais exigências normais para a doação de sangue.

Eu sou um doador. Seja você também!

Doação de sangue, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

Anúncios

Uma resposta em “A diferença entre doar sangue e doar plaquetas por aférese

  1. Pingback: Junho Vermelho: Hemosc reforça importância da doação de sangue especialmente no inverno | Blog do dcvitti

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s