Santa Catarina conta com Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas


Desaparecidos, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

Logo do Governo do Estado Santa Catarina, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, FeedSanta Catarina conta com a Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas (DPPD). Esta é a 3ª unidade de desaparecidos da Polícia Civil no país. A estrutura atende todo o Estado e também pode atuar na possível identificação de cadáveres, para evitar o sepultamento de indigentes.

O primeiro atendimento é feito na delegacia local, ou seja, na cidade onde a pessoa desapareceu. “No momento que a pessoa registra a ocorrência na cidade mais próxima do acontecido, na mesma hora somos informados e tomamos as devidas providências”, explicou o delegado titular da Delegacia, Wanderley Redondo.

De acordo com o delegado, desde 2002 foram registrados em Santa Catarina, 18,3 mil desaparecimentos. Destes, mais de 13 mil pessoas retornaram aos seus lares, só que muitos destes casos não fizeram um novo Boletim de Ocorrência registrando o reaparecimento da pessoa. “Estamos checando todos os casos de desaparecimento.”

Para amenizar o número de ocorrências em aberto sobre desaparecimentos, a unidade especializada faz a gestão de um mecanismo de alerta, implantado no atual sistema de informações usado pelos órgãos de Segurança de Santa Catarina: o Sistema Integrado de Segurança Pública (SISP), e acessível a todos os policiais.

“Assim, toda vez que uma pessoa que possua registro de desaparecimento e for identificada numa unidade policial, o sistema emitirá um alerta para todos os órgãos de segurança, para que o registro de reaparecimento seja feito”, informou Redondo.

A Delegacia de Desaparecidos funciona em São José, na Grande Florianópolis, no mesmo prédio que está a Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso.  O endereço é Rua Adhemar da Silva, 1135 – Bairro Kobrasol. O telefone de contato é o (48) 3665-5595.

Assessoria de Imprensa Secom
Secretaria de Estado de Comunicação – Secom

 

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s