Estamos no #OutubroRosa e previna-se contra o Câncer de Mama


Outubro Rosa Voluntários OnLine, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

Começou no dia primeiro deste mês a campanha “Outubro Rosa” que tem como objetivo a conscientização e o combate ao câncer de mama. Durante todo o mês instituições vinculadas à causa realizam diversas atividades para informar a população sobre a importância do diagnóstico precoce, sintomas, tratamentos e realização da mamografia.

Este ano o lema da campanha é “Faça valer a lei dos 60 dias”, a Lei 12.732, de 2012, que garante aos pacientes o direito de começar o tratamento contra o câncer em até 60 dias após o diagnóstico. Lei 12.732 que garante aos pacientes com câncer o direito de começar o tratamento em até 60 dias após o diagnóstico, aumentando as chances de cura.

Entre os vários tipos de câncer, o de mama é o segundo em número de casos no mundo inteiro e o mais frequente entre as mulheres. De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer), a estimativa é que ocorram 57.120 novos casos da doença no Brasil este ano, e a taxa de mortalidade é alta em comparação a países desenvolvidos. O motivo? Diagnóstico tardio.

Fique atento!

Mulheres acima dos 35 anos são mais propensas a desenvolverem a doença, mas o número de casos entre mulheres de 24 a 35 anos vem aumentando, segundo pesquisadores americanos. Fatores como histórico de câncer na família, menstruação precoce, menopausa tardia, obesidade, ingestão de bebidas alcoólicas e ausência de filhos contribuem para o surgimento da doença. E, apesar de mais comum no sexo feminino, os homens também podem desenvolver esse tipo de câncer.

Cuide-se!

Apesar de auxiliar na em alguns casos, o INCA não recomenda o autoexame como única forma de detecção da doença. É necessária a realização de exames clínicos anuais e, a partir dos 40 anos, a mamografia.

O Outubro Rosa é um movimento mundial que teve início nos Estados Unidos em outubro de 1997, quando algumas entidades de combate ao câncer começaram a realizar ações já alertando para a necessidade de se estar sempre atenta ao surgimento da doença para começar o tratamento o mais cedo o possível. No Brasil, a campanha chegou em 2008, organizada pela Femama (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama) e Associação Brasileira de Portadores de Câncer (Amucc) e é apoiada pelo VOL desde então.

Saiba mais sobre a campanha e a programação em Santa Catarina: http://amucc.org.br/ .

Por Janine Silva, equipe de comunicação do VOL. Esse conteúdo foi copiado do Blog do Portal Voluntários Online.

😀

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s