Farmácia Básica realiza mais de quatro mil atendimentos em maio


 Farmácia básica da Secretaria Municipal de Saúde de Ilhota

Banner da Prefeitura de Ilhota - Assessoria de ImprensaA Farmácia Básica do Centro de Ilhota, juntamente com as unidades de saúde dos bairros, realizou em maio 4802 atendimentos. Com mais de 200 tipos de remédios, a instituição ainda aceita doações. Todas as pessoas que tiverem medicamentos que não estão sendo utilizados em sua casa, devem trazê-lo até a farmácia. “Temos que evitar o desperdício. Muitos cidadãos podem estar precisando destes medicamentos que estão em casa, sem uso. Até mesmo se estiver com a data de validade vencida, é importante que as pessoas tragam até aqui para darmos o destino correto no lixo”, afirmou a farmacêutica Elizabeth Nunes.

Para obter medicamentos da Farmácia Básica é necessário: ser morador de Ilhota, ter Carteira de Saúde no município; ter receita médica ou odontológica, de preferência do SUS; se for medicação de uso contínuo, a receita tem validade para seis meses; a receita de medicamentos controlados tem validade para 30 dias; os antimicrobiano s(antibióticos) serão dispensados de acordo com a RDC 20/2011 e a receita tem validade para 10 dias.

A farmacêutica Elizabeth ressalta que as receitas médicas e odontológicas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) devem adotar, obrigatoriamente, a Denominação Comum Brasileira – DCB (ou seja, o nome genérico, da substância ativa), instituída pela Portaria nº 1.179, de 17 de junho de 1996 da ANVISA – ou, na sua falta, a Denominação Comum Internacional (DCI).

A receita deverá ser emitida em português compreensível e por  extenso, em letra legível, observada a nomenclatura e o sistema de pesos e medidas oficiais, além de conter: nome do paciente;do medicamento; posologia e quantidade a ser dispensada; nome do médico ou odontólogo com o respectivo carimbo contendo o número de registro no CRM-SC ou CRO-SC; endereço residencial do paciente; data e assinatura. “A dispensação deverá ser feita na quantidade determinada na receita. Se for medicamento de uso contínuo, será fornecido a quantidade para o período máximo de 30 dias, sendo a validade da receita a partir da data de prescrição. Será obrigatório, no ato da entrega do medicamento, anotar a quantidade de medicamento fornecida e datar e carimbar a receita”, explica Elizabeth.

A farmácia básica funciona anexa ao Posto de Saúde Central e fornece medicamentos gratuitamente à população, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s