PMDB dá arrancada à pré-campanha com reforço nacional


Força 15 - Encontro Estadual

Faltou espaço no auditório do Hotel Castelmar, em Florianópolis, durante o encontro estadual do PMDB/SC, realizado na manhã desta quinta-feira (10). Mais de 600 peemedebistas atenderam ao pedido do diretório estadual e participaram do encontro Força 15, que registrou a arrancada do partido rumo às novas conquistas eleitorais.

O presidente Nacional do PMDB, Valdir Raupp, que chegou ao evento acompanhado do vice-governador, Eduardo Pinho Moreira, dos pré-candidatos Gean Loureiro e Djalma Berger, do prefeito Dário Berger, e do deputado Renato Hinnig, garantiu que com as demonstrações de força partidária, como a de Santa Catarina, não há dúvidas de que o PMDB vai sair da eleição de 2012 novamente como o maior partido do Brasil. E ainda afirmou que “o PMDB terá mais de 1200 candidatos à prefeito e mais de 10 mil à vereador e em 2018 terá candidato à presidente da República”.

Eduardo Moreira enfatizou o crescimento do PMDB, que hoje é a maior força política do Estado, no comando de 114 prefeituras. “Em 2008 tivemos mais do que o dobro de conquistas em relação ao segundo colocado e no próximo ano seremos ainda maiores”, destaca. Moreira ressaltou ainda que a força e a união do PMDB catarinense são seu maior patrimônio, e brincou ao tirar o paletó e mostrar que vestia a mesma camisa que o ex-governador Paulo Afonso Vieira. “Nossa sintonia é tanta que vestimos a mesma camisa”, disse.

Na mesma linha o prefeito da Capital, Dário Berger, ressaltou que a Força15 não é uma força qualquer. “A força deste partido é desproporcional em relação à categoria política de Santa Catarina”. Berger também fez referência ao irmão, Djalma Berger, pré-candidato em São José, e a Gean Loureiro, pré-candidato por Florianópolis.

Em nome dos pré-candidatos do partido, Gean Loureiro falou do desafio que é a sucessão de Dário na Capital. “Temos uma grande responsabilidade que é suceder Dario Berger, o mais vitorioso do Estado e que deixa Florianópolis depois de fazer a melhor administração municipal de todos os tempos na capital”.

Peemedebistas também comemoram aniversário de Paulo Afonso

Ao completar 54 anos de vida, o ex-governador Paulo Afonso foi surpreendido durante o evento com um bolo surpresa. “Se vocês acham que o PMDB não iria homenagear o seu sempre governador Paulo Afonso, podem ficar de pé”, disse o deputado Renato Hinnig ao convidar ex-funcionários do governo de Paulo Afonso para entrar no auditório com um enorme bolo branco, com a bandeira do partido. “Eu tenho orgulho e fico feliz em comemorar meu aniversário aqui, em um vento do partido, porque nenhum outro aspecto de minha vida está tão fortemente vinculado a mim, como o PMDB”, destacou Paulo Afonso.

Ao dar continuidade a seu discurso, o ex-governador afirmou que a maior responsabilidade dos peemedebistas é com o partido. “Fazemos parte deste governo e temos uma grande responsabilidade com a administração Estadual, pois temos o vice-governador, secretários e a maior bancada estadual na Assembleia, que apoia o governo. Mas nossa responsabilidade política é com o PMDB, portanto se formos adversários do PSD em qualquer município, derrotaremos o candidato e o governador”.

E ainda impulsionou a eleição municipal. ” A eleição daqui é emblemática porque aqui se pavimenta a eleição estadual”, concluiu Paulo Afonso, em referência a eleição de Florianópolis.

Força, união e mobilização marcam discursos dos parlamentares

Coordenador da bancada federal, o deputado Mauro Mariani apontou a força municipalista como ingrediente de sucesso. “Nossa força não vem das lideranças. Nossa força é do PMDB de cada município. Crescemos da força municipalista”, lembrou.

O líder da bancada estadual, Aldo Schneider, chamou pelos deputados estaduais no sentido de atuarem mais diretamente nas questões partidárias. “Temos que dar satisfação aos catarinenses que nos elegeram, mas também não podemos deixar de lado o partido que nos colocou lá também”.

Presidente da Fundação Ulysses Guimarães, o deputado licenciado Renato Hinnig falou da importância dos planos de governos, fundamentais e obrigatórios para o registro das candidaturas. “A elaboração dos planos representa uma oportunidade de mobilização dos pré-candidatos junto às comunidades”.

Em nome das mulheres a deputada Ada de Luca pediu pela valorização das mulheres no partido, pois não só o PMDB, mas todos os partidos ainda não estão dando a devida atenção para isso.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s