Incentivo a preservação do patrimônio histórico de Santa Catarina


Deputado Carlos ChiodiniNo dia 08/02 foi aprovado por unanimidade, no plenário da Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei nº 0346.2/2011, do deputado estadual Carlos Chiodini, que cria Programa Estadual de Preservação do Patrimônio Histórico de Santa Catarina.

Atualmente é necessário que haja um enquadramento que assegure à população o acesso a estes patrimônios, impedindo que venham a ser destruídos ou descaracterizados. O Estado de Santa Catarina possui mais de 300 bens tombados pelo patrimônio histórico, e mais de 60 em processo de tombamento.

De acordo com o PL deverá ser fixado anualmente no orçamento do Fundo Estadual de Incentivo a Cultura – FUNCULTURAL, um percentual nunca inferior a 10%, a ser destinado ao Programa Estadual de Preservação do Patrimônio Histórico de Santa Catarina.
O Deputado Chiodini afirmou que “é sabido, que para manter um bem tombado, requer dinheiro, conservá-lo, requer atenção permanente e restaurar uma edificação com rigorosos critérios técnicos, conservando seus valores estéticos ou históricos, requer a ajuda do Estado”.

Para que essa preservação seja possível, é que o PL destina um percentual de recursos do Fundo Estadual de Incentivo a Cultura, para editais públicos de Preservação do Patrimônio Histórico.  “Este percentual poderá ser determinado pelo próprio governo do Estado, não devendo  ser inferior a 10% dos recursos do fundo de cultura” explicou Chiodini.

Para efeito desta Lei, compreende-se como Patrimônio Histórico, os bens móveis, imóveis e imateriais de valor histórico, arqueológico, arquitetônico, arquivístico, bibliográfico, museológico, artístico, paisagístico, ambiental e cultural.

“Entendo que o Estado de Santa Catarina tem a obrigação de resgatar uma omissão histórica nesta área, priorizando uma demanda reprimida ao longo dos anos. Nosso projeto pretende não só estabelecer a responsabilidade do Estado nesta questão, mas também estimular os proprietários de acervos históricos, para que não percamos o que resta da nossa memória, da história dos nossos antepassados”, ressaltou. Após a aprovação o PL segue para sanção do governador.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s