Ações de prevenção marcaram o Dia Mundial de Luta contra AIDS


Ações de prevenção marcaram o Dia Mundial de Luta contra AIDS

Quem entrou na sala de espera de uma das unidades de saúde de Ilhota nesta quinta-feira (01), teve uma surpresa. Todas tinham um laço vermelho à frente, lembrando o Dia Mundial de Luta contra a AIDS. Na oportunidade, a equipe do ESF também conscientizou as pessoas sobre a importância da prevenção.

De acordo com a secretária de saúde, Jocelene da Silveira, os principais temas trabalhados foram os exames, o preconceito e ações preventivas. “Também exaltamos o quão importante é a comunidade interagir com propostas e ações do departamento”. A iniciativa foi acompanhada de perto pelos agentes comunitários, como Paulo Abdu, da Ilhotinha, e pelo ginecologista, Eros Castro.

Formas de contágio

A Aids é transmitida de diversas formas. Como o vírus está presente no esperma, secreções vaginais, leite materno e no sangue, todas as formas de contato com estas substâncias podem gerar um contágio. As principais formas detectadas até hoje são: transfusão de sangue, relações sexuais sem preservativo, compartilhamento de seringas ou objetos cortantes que possuam resíduos de sangue. A Aids também pode ser transmitida da mãe para o filho durante a gestação ou amamentação.

Sintomas

Um portador do vírus pode ficar até 10 anos sem desenvolver a doença e apresentar seus principais sintomas. Isso acontece, pois o HIV fica “adormecido” e controlado pelo sistema imunológico do indivíduo. Quando o sistema imunológico começa ser atacado pelo vírus de forma mais intensa, começam a surgir os primeiros sintomas. Os principais são: febre alta, diarréia constante, crescimento dos gânglios linfáticos, perda de peso e erupções na pele. Quando a resistência começa a cair ainda mais, várias doenças oportunistas começam a aparecer: pneumonia, alguns tipos de câncer, problemas neurológicos, perda de memória, dificuldades de coordenação motora, sarcoma de Kaposi (tipo de câncer que causa lesões na pele, intestino e estômago). Caso não tratadas de forma rápida e correta, estas doenças podem levar o soropositivo a morte rapidamente.

Prevenção

A prevenção é feita evitando-se todas as formas de contágio citadas acima. Com relação a transmissão via contato sexual, a maneira mais indicada é a utilização correta de preservativos durante as relações sexuais. Atualmente, existem dois tipos de preservativos, também conhecidos como camisinhas: a masculina e a feminina. Outra maneira é a utilização de agulhas e seringas descartáveis em todos os procedimentos médicos. Instrumentos cortantes, que entram em contato com o sangue, devem ser esterilizados de forma correta antes do seu uso. Nas transfusões de sangue, deve haver um rigoroso sistema de testes para detectar a presença do HIV, para que este não passe de uma pessoa contaminada para uma saudável.

Anúncios

Uma resposta em “Ações de prevenção marcaram o Dia Mundial de Luta contra AIDS

  1. Pingback: Suposto Paciente Zero da AIDS é inocentado | Blog do dcvitti

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s