Campanha de Segurança Pública em Gaspar inicia na próxima terça-feira


A luta do vereador Kleber Wan-Dall (PMDB) tomará corpo na próxima semana. Na terça-feira (24) Gaspar dará início a uma Campanha de Segurança Pública. O lançamento ocorrerá no plenário do legislativo. Na oportunidade serão distribuídos cartazes, folders e adesivos para divulgação da iniciativa.

Segundo o parlamentar e organizador, o ponto alto acontecerá no dia 11 de junho, quando representantes de entidades, poder público e população se concentrarão, a partir das 9h, no centro da cidade. “Inclusive, estamos convidando deputados estaduais e federais para participar desta mobilização. Queremos e exigimos mais segurança para a nossa cidade. Vamos envolver todas as organizações, associações, clubes, igrejas, enfim, a comunidade em geral para dizer as autoridades competentes que o desejo de mais segurança em Gaspar é de todos”, afirma.

Kleber lembra que as estatísticas da Polícia Militar da cidade vêm crescendo a cada ano. E, infelizmente, não é na quantidade de policiais e viaturas. Os números de furtos, roubos e assaltos são os que aumentam assustadoramente. “Em 2009, a PM contabilizou 4.478 atendimentos. Em 2010 subiu para 5.200. Neste ano, somente até março, já somam-se 1.061 ocorrências”, explica.

Na Polícia Civil não é diferente. “O número de ocorrências só cresce e ainda tem o agravante da “desova” de cadáveres em Gaspar, ou seja, o crime (assassinato) acontece em outra cidade e o corpo é deixado no interior do município”. Na prática isso significa mais trabalho investigativo para Polícia Civil”.

O peemedebista acredita que o baixo efetivo de policiais, os equipamentos ultrapassados, o fácil acesso a cidade e o trânsito intenso são as principais causas da falta de segurança. “Estes fatores facilitam o trabalho dos bandidos. A população, desta forma, de praticamente 58 mil habitantes, fica a mercê da atuação dos ladrões. Esta situação não pode continuar”.

Gaspar faz divisa com sete municípios: Massaranduba, Luiz Alves, Ilhota, Blumenau, Guabiruba, Brusque e Itajaí. Somados, os acessos chegam a 18. “Se um ladrão quiser fugir da cidade, ele terá toda a facilidade. Não temos policiais suficientes para cuidar de todos estes limites geográficos e nem para atender a todas as ocorrências diárias”.

A campanha tem como principal objetivo aumentar o efetivo de policiais militares e civis, construção de uma nova delegacia e instalação de vídeo-monitoramento no centro da cidade.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s